Página inicial
 
Mural de recados
30.04 | Jose Helio Pessoa
ALÔ CARUARU...É HORA DE UNIÃO !!! O CENTRAL É UMA INSTITUIÇÃO CENTENÁRIA... QUEI ...
30.04 | paulo
ESTE TIME QUE O TECNICO ESTA MONTANDO E O CENTRAL OU E O VELO CLUB .TODOS OS JOG ...
29.04 | Preto e branco
Esse velo clube quase caiu para a série a 4 do paulista e o central só quer traz ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/07/2011
22h47 | esportes - FUTEBOL
Clube russo entra na briga por Ganso e pode bancar multa de € 50 milhões

Matéria do globoesporte.com

O Anzhi-RUS, clube onde joga o lateral-esquerdo Roberto Carlos, entrou forte na corrida para contratar o meia Paulo Henrique Ganso, do Santos. Os russos estão dispostos a bancar a multa rescisória de € 50 milhões (R$ 111 milhões) estipulada no contrato do jogador com o Peixe e propõem dar a Ganso € 7 milhões (R$ 15,5 milhões) anuais de salário.

A princípio, Ganso tem preferência por uma transferência para um clube de maior expressão. Seus representantes já mantiveram constantes contatos com o Milan. Por isso, os russos se preparam para aumentar a proposta salarial e, assim, tentar dobrar o craque alvinegro.

Ganso foi indicado por Roberto Carlos, que tem feito elogios públicos ao camisa 10 santista. O craque alvinegro, que atualmente está disputando a Copa América com a Seleção Brasileira na Argentina, jamais escondeu sua vontade de se transferir para o futebol europeu. Tanto que seus representantes, membros do Grupo DIS, por várias vezes, tentaram diminuir o valor da multa. O Peixe se manteve irredutível.

Por enquanto, a diretoria santista não confirma oficialmente a chegada da proposta russa. Até porque em caso de rescisão de contrato, é a parte interessada em desmanchar o acordo quem paga a multa, ou seja, não há uma negociação para venda dos direitos do jogador e, portanto, não é preciso a chegada de uma proposta oficial do Anzhi.

Se a negociação vingar, os R$ 111 milhões entram nos cofres do Peixe, que tem de repassar 45% desse valor ao DIS. Outros 45% ficam com o próprio clube. Ganso ainda tem direito a 10% do montante.


 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker