Página inicial
 
Mural de recados
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
23.05 | Patativa
Esta mensagem vai para o ingrato jogador Araújo,este ex jogador em atividade que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/07/2011
22h41 | esportes - COPA AMÉRICA
Venezuela empata aos 47 e fica em 1º, mas Paraguai também se classifica
No jogo mais emocionante da Copa América, Vinotinto chega aos 3 a 3 com gols aos 44 e 47 do segundo tempo. Colômbia e Peru duelam nas quartas

Do globoesporte.com

A Venezuela, quem diria, está a 90 minutos de um sonho. No jogo mais emocionante da Copa América até o momento - e com mais gols -, a seleção Vinotinto arrancou um empate com o Paraguai nos acréscimos do segundo tempo e pode até almejar com a liderança do Grupo B. No Estádio Padre Ernersto Martearena, em Salta, os venezuelanos abriram o placar, sofreram três e conseguiram igualar graças a gols milagrosos aos 44 e 47 minutos: um 3 a 3 de tirar o fôlego.

O último tento teve tom de dramaticidade e ainda contou com a participação do goleiro Vega, que foi à grande área na cobrança de escanteio e desviou de cabeça para Perozo igualar. Rondón e Fedor completaram para a Venezuela, com Alcaraz, Barrios e Riveros anotando para o Paraguai.

Calculadoras, resultados...




O resultado obrigou todos a pegarem suas calculadoras. O Brasil precisa vencer por dois gols de diferença o Equador na sequência, em Córdoba, para ficar na ponta da chave, com cinco pontos e saldo melhor do que o da Venezuela (1). Um triunfo por um gol de diferença, desde que por 3 a 2 em diante, também serve. Caso passe em primeiro, a Vinotinto enfrentará muito provavelmente Brasil ou Paraguai, já conhecidos na fase de grupos.

O Paraguai também se classificou, mas pode passar como o segundo melhor terceiro colocado caso tenha um vencedor na partida restante. Neste caso, o rival seria a própria Venezuela ou Brasil. Um empate por até 2 a 2 lhe dá o direito de passar em segundo no Grupo B, e o adversário seria o Chile - com ambos os jogos no domingo.

Outro confronto, no entanto, já está definido. Colômbia, líder do Grupo A, enfrenta o Peru, melhor terceiro colocado, no sábado, às 16h (de Brasília), em Córdoba. Os dois estão na mesma chave de Uruguai e Argentina.

Confira a classificação atualizada e a tabela de jogos da Copa América-2011

Marcelo Estigarribia do Paraguai no jogo contra a Venezuela (Foto: EFE)Estigarribia tenta levar Paraguai à frente contra a marcação de González: empate melhor para Vinotinto (EFE)

Com cinco mudanças, Venezuela surpreende

O Paraguai começou bem a partida, mas foi em uma falha de sua defesa que a Venezuela se aproveitou para abrir o placar. Logo aos cinco minutos, Rincón roubou a bola de Ortigoza e deixou Rondón de frente para o gol. Da meia-lua, o atacante do Málaga chutou no canto direito de Villar para marcar.

Com cinco mudanças em relação ao time que venceu o Equador, entre elas os atacantes Fedor e Arizmendi, a Venezuela foi aos poucos recuando com o gol sofrido. Teoricamente melhor time, o Paraguai lentamente foi aos poucos se sentindo mais à vontade até achar o empate.

Grenddy Perozo comemora gol da Venezuela contra o Paraguai (Foto: Reuters)Perozo comemora o gol nos acréscimos (Reuters)

Aos 33, Barrios acertou a trave e viu a bola bater nas pernas de Veja. O atacante se confundiu e saiu para comemorar, mas para sua sorte, Alcaraz aproveitou falha de Cichero na sequência e empurrou para as redes. A virada quase veio na sequência, aos 37, com Estigarribia, que acertou bonito chute de fora da área, por cima.

Paraguai vira, mas...


O ritmo seguiu o mesmo no segundo tempo. Aos poucos a Venezuela pôs os seus titulares poupados em campo, mas foi o Paraguai quem chegou ao gol. Aos 17, após cobrança de escanteio, Haedo Valdez, que entrara no lugar de Santa Cruz e também marcara contra o Brasil, conseguiu espaço e chutou. Vega espalmou, mas o rebote sobrou na frente de Barrios: 2 a 1.

A Venezuela, então, foi ao ataque e até desperdiçou algumas oportunidades do empate, mas àquela altura não teve força suficiente. E acabou penalizada em novo lance de bola parada. Aos 39, Torres cobrou falta da direita e Riveros se antecipou à zaga para ampliar.

Quando parecia entregue, a Vinotinto reagiu e chegou ao empate de forma dramática. Aos 44, Fedor aproveitou sobra na grande área, girou e chutou para diminuir. Aos 47, o goleiro Vega foi para a grande área e conseguiu desviar para Perozo marcar. Para quem nunca foi a uma Copa do Mundo, a festa por terminar à frente de ao menos um dos dois favoritos foi digna.

PARAGUAI 3 X 3 VENEZUELA
Villar, Verón, Da Silva, Alcaraz e Torres; Vera (Santana), Riveros, Ortigoza e Estigarribia (Cáceres); Santa Cruz (Valdez) e Lucas Barrios.Vega, Rosales, Vizcarrondo, Perozo e Cichero; Rincón, Di Giorgi, Orozco (Fedor) e González (Maldonado); Rondón e Arismedi (Arango).
Técnico: Gerardo Martino.Técnico: César Farías
Gols: Rondón, aos cinco, e Alcaraz, aos 33 minutos do primeiro tempo; Barrios, aos 17, Riveros, aos 39, Fedor, aos 44, e Perozo, aos 47 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Valdez e Santana (Paraguai); Perozo e Maldonado (Venezuela).
Estádio: Padre Ernesto Martearena (Salta). Data: 13/07/2011. Árbitro: Enrique Osses

.
 
 
 
eXTReMe Tracker