Página inicial
 
Mural de recados
19.07 | MARCOS LEITE
O FUTEBOL PROFISSIONAL PARADO, SÓ RESTA TORC PELO SUB-20 CENTRAL E PORTO HONRREM ...
17.07 | Adalgisio
Cadê as noticias do sub-20? ...
17.07 | Carlos
O lacerdao agora só serve para o juniores da coisa jogar profundamente lamentave ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/07/2011
13h06 | esportes - Futebol
Federação libera dois 'estrangeiros' e abre caminho para Ganso no Milan

Do globoesporte.com 

A pressão do Milan sobre a Federação Italiana de Futebol (FIGC) parece ter surtido efeito: a entidade anunciou nesta quarta-feira que os clubes italianos da série A poderão contratar dois jogadores extra-comunitários por temporada, ao invés de um. Com isso, não existe mais o entrave do clube rossonero para negociar a transferência do meia Paulo Henrique Ganso, do Santos e da Seleção Brasileira.

Como já tinha contratado um extra-comunitário, o nigeriano Taye Taiwo, do Olympique de Marselha, pela antiga regra, não poderia fechar com Ganso, que não tem passaporte europeu. Mas agora os italianos poderão voltar a perseguir o camisa 10 do Brasil.

A FIGC informou a decisão em um comunicado oficial após uma votação, e a regra já entra em vigor para a temporada 2011/2012. O presidente da Série A, Maurizio Beretta, comemorou o resultado.

- A volta da política de dois jogadores extra-comunitários é importante para o futebol italiano e permitirá aos clubes que recuperem a competitividade - disse o dirigente.

As restrições foram impostas há cerca de um ano, depois que a Itália foi eliminada na primeira fase da Copa do Mundo da África. Na ocasião, a FIGC queria que os times investissem em talentos locais, mas a medida foi negativa, já que os clubes italianos ficaram em desvantagem contra os rivais europeus.
 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker