Página inicial
 
Mural de recados
24.05 | Antonio
Araújo pedindo 400,000 R$ pro Central !!! Isso é um absurdo, o cara jurou amor a ...
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/05/2011
20h49 | esportes - Libertadores
Quartas inéditas da Libertadores têm supremacia paraguaia e sete países
Pela primeira vez na história, Paraguai supera outros países em número de representantes nessa fase da competição

Do globoesporte.com 

A Taça Libertadores de 2011 já pode ser lembrada como a edição do “desde”. Afinal, desde 1994, é a primeira vez que sete dos oito clubes classificados para as quartas de final são de nacionalidades diferentes. Também desde o mesmo ano, o Brasil não dependia apenas de um time nesta fase da disputa - o Santos venceu o América-MEX e garantiu a vaga. E, desde 1993, duas equipes do Paraguai não chegavam tão longe na competição. Pela primeira vez, o país compõe a maioria dos times.

Em 1989, 1991 e 1993, os paraguaios também fizeram dobradinha nas quartas de final - com Olimpia e Cerro Porteño nas duas últimas, e Olimpia e Sol de América na primeira. No entanto, diferentemente da edição atual, havia na fase outros países com dois representantes.

A boa campanha de equipes paraguaias está diretamente ligada à frustração das brasileiras, segundo o jornalista Cauê Dias, do blog La Pelota. Apesar de elogiar Libertad e Cerro Porteño pela dobradinha, ele acredita que a soberba possa ter atrapalhado Internacional, Grêmio, Cruzeiro e Fluminense, elimados nas oitavas.

Dos oito clubes classificados às quartas, três ainda não haviam chegado a essa fase no século 21. Universidad Católica é o caso mais antigo. Não avançava tanto na competição desde 1997. Já o Cerro Porteño tinha uma lacuna de 12 anos. E o Jaguares, fundado em 2002, alcança a etapa pela primeira vez em sua história.- O Libertad vem tendo boas participações na Libertadores. O Cerro chega agora com o fervor de conseguir um feito para ativar a rivalidade no país contra Olimpia, tricampeão da competição. Dizer que eu esperava por eles nas quartas, não esperava. Aliás, sinceramente, não encontro uma razão única para isso e para o Brasil ter saído assim. Talvez tenham contado com a vitória antes do tempo e foram surpreendidos. Conversei com o Oscar Tabarez (técnico da seleção do Uruguai) há pouco, e ele ainda não entendeu o que aconteceu, principalmente com o Cruzeiro. É inexplicável - concluiu, lembrando a eliminação da Raposa para o Once Caldas, time de pior campanha entre os classificados.

Para tentar elevar o moral do Brasil na Libertadores, o Santos entra em campo para disputar uma vaga nas semifinais contra o Once Caldas na próxima quarta-feira.

Representatividade de classificados às quartas de final na Libertadores na década
2011Paraguai (2), Colômbia, México, Argentina, Uruguai e Chile
2010Brasil (4), Chile, Paraguai, México e Argentina
2009Brasil (4), Uruguai (2), Venezuela e Argentina
2008Brasil (3), Argentina (2), México (2) e Equador
2007Brasil (2), Uruguai (2), México, Colômbia, Argentina e Paraguai
2006Argentina (3), Brasil (2), Equador, México, Paraguai
2005Argentina (3), Brasil (3), México e Uruguai
2004Brasil (3), Argentina (2), Colômbia (2) e Venezuela
2003Brasil (2), Argentina (2), Colômbia (2), México e Chile
2002Brasil (2), Uruguai (2), México (2), Argentina e Paraguai
2001Brasil (3), Argentina (3), Colômbia e México

.
 
 
 
eXTReMe Tracker