Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | Fabio
Obg torcida centralina! Se Deus quiser esse título virá para o interior. ...
24.04 | George Luís
Sou Centralino de Coração, apaixonado pela Patativa do Agreste, mas sem dúvidas, ...
23.04 | Davi
Parabéns ao Salgueiro pela campanha q vem fazendo,embora nos ultimos anos o time ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/04/2011
14h26 | esportes - Futebol
Pelé e Maradona podem se tornar "patrimônio esportivo histórico da humanidade"

Do UOL Esporte 

Pelé, Ronaldo, Ronaldinho, Maradona e Messi são candidatos a uma honraria. Eles estão na briga para figurar na lista do “patrimônio esportivo histórico da humanidade”, uma iniciativa do Bureau Internacional de Capitais Culturais (IBOCC, na sigla em inglês).

“A escolha busca distinguir as pessoas de excelência, que são referência para crianças e jovens dentro do âmbito esportivo e, especialmente neste momento, ligadas ao futebol”, explicou Xavier Tudela, presidente do IBOCC, em entrevista à agência de notícias AFPnesta sexta-feira.

Por enquanto, o processo de candidaturas está aberto em três países: Brasil, Argentina e México. Até agora, os nomes de Pelé, Garrincha, Romário, Ronaldo e Ronaldinho aparecem como alguns dos favoritos ao posto de representantes dos brasileiros. Os argentinos, por sua vez, devem escolher ídolos como Alfredo Di Stéfano, Mario Kempes, Diego Armando Maradona, Lionel Messi e Daniel Pasarella.

O prazo para a proposição das candidaturas terminará em 16 de maio. Em seguida, será aberto o processo de votação. Em 30 de junho, serão conhecidos os vencedores – cada um dos três países terá dez representantes na lista final. Qualquer pessoa pode sugerir o nome de um concorrente – para isso, precisa preencher um formulário disponível no site do IBOCC.

“A evolução e a presença social do esporte têm sido muito rápidas, mas ainda não há iniciativas de reconhecimento global que permitam colocá-lo na posição social à qual corresponde”, afirmou Tudela.

O IBOCC pretende levar a iniciativa para a Europa. Todo o processo deve começar a ser feito assim que a atual temporada terminar.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker