Página inicial
 
Mural de recados
24.09 | Rayby
O sao bento de sorocaba com 104 anos de historia conseguiu pela primeira vez na ...
24.09 | KLEBER
ESTA PREFEITA NAO FAZ NADA PELA CIDADE,IMAGINE PELO CENTRAL,LAMENTAVEL ISTO. ...
24.09 | CLEO
CHÃ GRANDE 1X1 DECISÃO, SETE 1X1 PESQUEIRA, ESSES 2 RESULTADOS BENEFICIARAM O PO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/03/2011
13h57 | esportes - Futebol
Última camisa usada pelo Fenômeno vira 'troféu' para algoz do Corinthians

Algoz do Corinthians na primeira fase da Copa Libertadores 2011, o Deportes Tolima entrou para a história do futebol brasileiro como o último adversário da carreira do ex-atacante Ronaldo. Entre os jogadores da equipe colombiana, há quem tenha deixado o campo na vitória por 2 a 0 em Ibagué, no dia 2 de fevereiro, com recordações que podem lhe render muito dinheiro daqui a alguns anos.

CARRASCO CORINTIANO ELOGIA RONALDO

  • Gustavo Andrade/UOL Esporte

    Autor de gol na vitória do Tolima sobre Corinthians, Medina foi presenteado com a camisa de Ronaldo

  • Autor do segundo gol do triunfo do Deportes Tolima, aos 33 minutos do segundo tempo, Wilder Medina deixou o gramado com a camisa utilizada por Ronaldo em seu último jogo oficial. “Por essa camisa, eu poderia ganhar muito dinheiro, mas não tem preço. Guardarei a camisa até quando Deus me der saúde”, afirmou o atacante, que atuará pelo time colombiano, nesta quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré, contra o Cruzeiro, pelo grupo 7 da libertadores.

Apesar do apreço demonstrado pelo presente do Fenômeno, que se valorizou muito com o anúncio da sua aposentadoria, o atacante do Tolima revela que a camisa está guardada junto a outras. “Mas esta é muito especial, porque foi a última que Ronaldo usou em um jogo oficial. É um grande presente”, ressalvou.

Carrasco corintiano, Wilder Medina fez questão de enaltecer a forma como o maior artilheiro da história das Copas do Mundo recebeu o assédio dos jogadores colombianos. “Ronaldo é uma grande pessoa, que apesar de tudo que conquistou, tratou todos com muita humildade realmente extraordinária. Conversamos algumas coisas e segue meu ídolo mesmo tendo se retirado do futebol”, disse.

Doze dias após a derrota do Corinthians por 2 a 0 em Ibagué, Ronaldo anunciou sua aposentadoria. Na sua despedida, quando esteve acompanhado dos filhos, o Fenômeno chorou e pediu desculpa pelo fracasso na Copa Libertadores.

A eliminação para o Tolima, um vexame histórico, já que o Corinthians foi o primeiro clube brasileiro, desde o início da fase pré-Libertadores, em 2005, a ter sido desclassificado, foi decisivo para o fim da carreira do Fenômeno, com contrato ainda em vigor com o clube paulista.

A gente fica feliz pelo resultado e triste por ele ter encerrado a carreira. O Ronaldo foi um jogador importante para todo o mundo. Sentimos orgulho de ter participado disso 

ANTONY SILVA, GOLEIRO DO TOLIMA

Entre os jogadores da equipe colombiana, no entanto, o discurso é de que eles não colocaram um ponto final na carreira do atacante. Segundo os atletas do Deportes Tolima, nunca houve esse pensamento entre eles que a carreira de Ronaldo foi encerrada por causa do time em que atuam.

“A carreira dele foi encerrada porque era o momento. Em nenhum momento nós pensamos que acabamos com sua carreira. Para nós, segue sendo um ídolo, uma referência no futebol mundial e mantemos por ele o respeito”, avaliou o meia Rafael Castillo.

Esse jogador, assim como seus companheiros, procura demonstrar humildade ao lembrar da vitória que encerrou precocemente a participação corintiana na Libertadores. “Estávamos numa boa noite contra o Corinthians, fizemos todos uma boa partida, não passa disso. Fomos superiores à grande equipe do Corinthians e isso foi importante”, avaliou.

O mesmo argumento é apoiado pelo técnico Hernán Torres. “Penso que Ronaldo não encerrou sua carreira porque perdeu aquele jogo por 2 a 0. Ele anunciou a aposentadoria porque viu aquele que era o momento certo para parar. Temos que reconhecer seu talento e toda a alegria que nos deu por suas apresentações. Naquela partida, jogamos bem diante uma equipe de grande categoria”, disse.

ALEGRIA PELO TALENTO DO FENÔMENO

  • Gustavo Andrade/UOL Esporte

    Técnico do Tolima, Hernán Torres, diz que Ronaldo encerrou a carreira por ter chegado a hora certa

  • Em duas partidas contra o Corinthians de Ronaldo, o Deportes Tolima manteve sua defesa invicta. Antes da derrota por 2 a 0 em território colombiano, Ronaldo e companhia não conseguiram vencer em casa e empataram sem gols com a equipe colombiana no Pacaembu.

Para Hernán Torres, sua equipe teve inteligência ao parar Ronaldo. “Contamos com muita inteligência dos nossos jogadores e com muita organização. O futebol brasileiro tem grande talento e capacidade, independente dos nomes que tenha a equipe e sempre queremos fazer grandes partidas para ter um resultado positivo”, ressaltou.

Arqueiro do Deportes Tolima nos dois confrontos com o Corinthians, o goleiro Antony Silva se disse orgulhoso por ter participado do último jogo da carreira de Ronaldo. Mais do que isso. Coube a ele defender o último chute dado pelo Fenômeno em sua vitoriosa carreira.

“A gente fica feliz pelo resultado e triste por ele ter encerrado a carreira. O Ronaldo foi um jogador importante para todo o mundo. Sentimos orgulho de ter participado disso”, comentou o goleiro, que teve passagem pelo futebol paulista, onde defendeu o Marília.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker