Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
23.06 | Duda
Eu acredito!!! Vamos meu Central, vamos sair dessa série D. Lícius tem feito o p ...
23.06 | MARCOS LEITE
CENTRALZÃO EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO E A TORCIDA CHEGANDO DE MONTÃO NO LACERDÃO, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/01/2011
09h10 | esportes - FUTEBOL INTERNACIONAL
Reforço galáctico no Brasil, Gaúcho não deixa muitas saudades na Itália

Do globoesporte.com 

Badalado como uma das maiores contratações dos últimos tempos no futebol brasileiro, Ronaldinho Gaúcho não vai deixar muita saudade no futebol italiano de acordo com torcedores e jornalistas. Embora não tenha sido um fiasco nos dois anos e meio que defendeu o Milan, o provável novo reforço de Grêmio, Flamengo, Palmeiras ou Corinthians nem de longe repetiu as brilhantes atuações dos tempos de Barcelona.

Adquirido junto ao clube catalão em 15 de julho de 2008 por cerca de 21 milhões de euros (R$ 50,4 milhões), o pentacampeão disputou ao todo 94 partidas oficiais pelo Milan. Anotou 26 gols e não conquistou um título sequer.

Na sua primeira temporada (2008/2009) até que começou bem, com boas atuações e um gol que garantiu o Milan a vitória no clássico diante do arquirrival Internazionale no dia 28 de setembro de 2008. No entanto, aos poucos, a magia foi diminuindo e ele acabou perdendo espaço na equipe, então treinada por Carlo Ancelotti e que contava ainda com Kaká.

- Ronaldinho teve alguns bons momentos no Milan no começo, depois caiu. Ancelotti chegou a dizer recentemente que ele deixava a desejar na forma física - contou Mauricio Cannone, correspondente do jornal “La Gazzetta Dello Sport” no Brasil.

BLOG BRASIL MUNDIAL F.C.: o que você acha do retorno de Ronaldinho? Opine!

Ronaldinho Gaúcho durante apresentação no MilanApresentação de Ronaldinho Gaúcho no Milan em 2008 foi cheia de pompa.  (Foto: Reuters)

Somente na temporada seguinte, com Leonardo como treinador, Ronaldinho teve uma sequência de grandes exibições, chegando inclusive a ser considerado como possível nome entre os 23 que iriam à Copa do Mundo Porém, o chamado para defender a Seleção Brasileira não veio e o craque voltou a cair de produção.

- Ronaldinho teve um grande momento e poderia ter, de fato, arrebentado, quando, na reta final para a convocação para a Copa, teve atuações excelentes e tornou-se a grande figura do time. Mas dois fatores atrapalharam. O Milan não tinha uma equipe para brigar pela Liga dos Campeões e a eliminação precoce tirou os holofotes do Gaúcho. E, fora da lista da Copa, seu rendimento caiu muitíssimo. Desanimado, sem título e sem a Copa, ele passou a ser um jogador comum no time. Até chegar ao banco - salientou.

Torcida indiferente. Elenco triste

Os tifosi do Milan, no entanto, não levam muito em conta esses fatores.

- Ele não fez muito no Milan. Ele não foi um fracasso como Amoroso ou Rivaldo, mas não chegou nem perto do Kaká. E, pelo que eu sinto aqui, ninguém ficará triste com sua saída - observou Maria Laura, torcedora do Milan.

Kaká e Ronaldinho em treino do milan
Kaká e Ronaldinho durante treino do Milan em 2008.
O primeiro deixou o clube ovacionado pela torcida, já o
segundo sai sem deixar muitas saudades... (Reuters)

Se não vai deixar muita saudade entre os fãs, o fim da era Ronaldinho no Milan é lamentada por seus ex-companheiros. Especialmente os brasileiros.

- Durante o tempo que convivemos no Milan pude perceber que se trata de uma pessoa simples, brincalhona, apesar de ser consagrado em todo o mundo. Nunca o vi de cara amarrada e ele faz questão de sempre ter uma palavra de apoio, de ser otimista. Fico triste com sua saída. Mas, por outro lado, satisfeito por saber que o futebol brasileiro vai poder contar não só com um grande atleta, mas um dos maiores craques desta geração - afirmou o zagueiro Thiago Silva.

Os jornalistas italianos acreditam que a mudança de ares será benéfica para o trintão Ronaldinho.

- Ele não é o mesmo jogador de quatro anos atrás, mas ainda é sensacional. Pela sua qualidade técnica, Ronaldinho é duas vezes melhor que Robinho. Acho que no Brasil ele poderá ter um grande desempenho - opinou Mattia Fontana, repórter da revista Guerín Sportivo.

 

- Esse retorno é bom para ele. Aqui na Itália ele perdeu motivações, não estava jogando muito e no Brasil pode renascer - afirmou Lorenzo Marucci, apresentador do Canale 10.
 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker