Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/12/2010
10h48 | esportes - FUTEBOL INTERNACIONAL
Bidone d’Oro: Adriano leva o tri de pior do ano na Itália

Adriano é tri. O atacante brasileiro foi eleito o pior jogador do ano do Campeonato Italiano e recebeu o Bidone d'Oro (lixeira de ouro). É a terceira vez na carreira que atleta, que pode atuar no Corinthians em 2011, vence o concurso realizado pela rádio "Catersport.". Adriano já havia conquistado o prêmio em 2006 e 2007, quando ainda defendia o Inter de Milão.

 

Dos dez nomes da lista, seis eram brasileiros: Adriano (Roma), Ronaldinho Gaúcho (Milan), Felipe Melo (Juventus), Mancini (Inter de Milão), Diego (ex-Juventus e hoje no Wolfsburg) e Amauri (Juventus, naturalizado italiano). O romeno Mutu (Fiorentina) e os italianos Materazzi (Inter de Milão), (ex-Juventus) e Cassano (Sampdoria) completaram a relação.

O ex-jogador do Flamengo se tornou o sucessor de outro atleta brasileiro. Felipe Melo ganhou o ‘Bidone d’Oro’ em 2009 depois de uma temporada ruim com o Juventus. A eleição é feita pela rádio desde 2003, quando foi vencida por Rivaldo. Depois, Nicola Legrottaglie (Juventus, 2004), Christian Vieri (Inter e Milan, 2005), Adriano (2006 e 2007), Quaresma (2008) e Felipe Melo faturaram a paródia da Bola de Ouro inventada pela revista "France Football" e que neste ano unificou o prêmio de melhor do mundo com a Fifa.

Apesar da fase ruim, o atacante é assediado para uma possível volta ao Brasil. Porém, a presidente do Roma, Rosella Sensi, revelou neste domingo que não facilitará a saída do atacante.

- O Adriano é um jogador do Roma e será no futuro - decretou.

 

O brasileiro não atuou neste fim de semana na vitória do Roma por 1 a 0 sobre o Bari por estar resfriado, segundo a imprensa italiana.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker