Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Gustavo
Muita gente acha que a soluçao pra o central é subir pra serie C,so que nao adia ...
26.06 | A verdade nua e crua!
Vi aqui alguns comentários sobre se gastar R$ 500 mil em uma atração do São João ...
26.06 | beto
CENTRAL DEVIA ERA ACABAR DEMOLIR E NIGUEM NUNCA MAIS LEMBRA QUE EXISTIU ESSE LIX ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/12/2010
10h55 | esportes - FUTEBOL INTERNACIONAL
Barça aceita oferta do Qatar e passa a ter o maior patrocínio da história

Por GLOBOESPORTE.COMBarcelona, Espanha

messi barcelona gol osasunaNome da Unicef continuará sendo usado pelo
Barça, mas brasão da Fifa sairá (Foto: Getty Images)

O Barcelona anunciou nesta sexta-feira que chegou a um acordo para seu primeiro patrocínio na camisa de futebol: o clube receberá € 30 milhões (R$ 67 milhões) por ano da "Qatar Foundation" até 2016. O valor será o maior da história do  futebol.

O contrato será assinado oficialmente na segunda e passará a valer a partir de janeiro. Por isso, o clube receberá € 15 milhões (R$ 33,5 milhões) nesta temporada.

O Barça já exibe a marca da Unicef no uniforme, mas paga por isso cerca de € 2 milhões (R$ 4,4 milhões) por temporada à organização. O acordo com a "Qatar Foundation" não impedirá a Unicef de seguir na camisa do clube catalão.

O contrato com a fundação árabe supera os valores de Manchester United e Real Madrid, que recebem € 23 milhões (R$ 51 milhões) dos patrocinadores. A imprensa destaca que a "Qatar Foundation" não é uma marca comercial e por isso não contraria a tradição do Barça de rejeitar patrocínios.

- Com este acordo, o Barcelona se situa como marca líder indiscutível do mundo do futebol, muito na frente de todos os competidores internacionais - disse o vice-presidente econômico do clube, Javier Faus.

A fundação foi criada em 1995 pelo governo do Qatar e investe em educação, pesquisa científica e desenvolvimento social. Na semana passada, o Qatar conquistou o direito de sediar a Copa do Mundo de 2022. Para os jornais espanhóis, o dinheiro do país do Oriente Médio será bem-vindo para segurar as principais estrelas do clube catalão, como o técnico Pep Guardiola e os craques Lionel Messi, Xavi e Andrés Iniesta, candidatos ao prêmio de melhor do mundo de 2010.

O uniforme do Barcelona terá outra mudança em breve: neste domingo, contra o Real Sociedad, o time usará pela última vez o brasão da Fifa de campeão do Mundial de Clubes. O torneio está sendo disputado em Abu Dhabi e um novo vencedor será conhecido no dia 18.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker