Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/12/2010
15h45 | esportes - Futebol
Brasileiros brilham, Al-Wahda vence na abertura do Mundial e vai às quartas

Do UOL Esporte 

O Al-Wahda fez 3 a 0 no Hekari United, de Papua Nova-Guiné, na abertura do Mundial de Clubes da Fifa, em Abu Dhabi, nesta quarta-feira. Hugo, Fernando Baiano e Jumaa garantiram o resultado que classificou os campeões do último campeonato nacional nos Emirados Árabes para as quartas de final.

Os primeiros lances da partida não foram muito animadores. Ao lado de sua torcida, que não lotou o estádio, o Al-Wahda rapidamente mostrou suas deficiências. Mas contava com o trio Magrão, Hugo e Fernando Baiano para centralizar as ações. Do outro lado, o Hekari apostava na saída rápida para o ataque, com Muta, Vakatalesau e Iniga.No próximo sábado, o Al-Wahda encara o Seongnam Ilhwa Chunma, da Coreia do Sul. O vencedor deste confronto encara a Internazionale em uma semifinal, em 15 de dezembro. Do outro lado, o Hekari confirmou a recente escrita de más estreias para os representantes da Oceania. Na última edição, o Auckland, da Nova Zelândia também se despediu com apenas um jogo.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
14 min – Fernando Baiano domina dentro da área, gira e bate no meio do gol. Goleiro defende em dois tempos.
15 min – Hugo avança pelo meio e lança F. Baiano. Chute vai no ângulo e obriga goleiro a boa defesa.
30 min – Triangulação rápida do Al- Wahda e Matar chuta cruzado. Bola passa à esquerda do gol.
40 min – GOOOL DO AL-WAHDA! Hugo pega sobra de cruzamento e chuta rasteiro, no canto esquerdo do goleiro.
44 min – GOOOL DO AL-WAHDA! F. Baiano recebe atrás da zaga e bate forte para ampliar.
SEGUNDO TEMPO
2 min – Matar tira do goleiro, mas Fernando Baiano não chega a tempo de desviar para o gol.
9 min – Al Hammedi recebe na esquerda, ajeita e chuta. Goleiro espalma salvando o Hekari.
30 min - GOOOL DO AL-WAHDA! Hugo fica com a bola e cruza para Abdulraheem, que livre de frente para o gol, cabeceia para o fundo da rede

 


Com peculiaridades de um jogo em Abu Dhabi, mercado ainda incipiente no futebol, a abertura do Mundial da Fifa teve torcida cantando em coro ao sinal de um instrumento de percussão e falhas defensivas dentro de campo. A primeira chance real de gol veio aos 14 minutos, com Fernando Baiano. O brasileiro chutou cruzado, rasteiro, mas não venceu o goleiro do Hekari.

 

Depois de dar espaço para os visitantes, o campeão nacional dos Emirados Árabes retomou o controle da partida. Assim, oportunidades de abrir o marcador começavam a sair. Aos 30 minutos, em rápida triangulação, Matar saiu na cara de Tamanisau e bateu forte, mas para fora. Dez minutos mais tarde Hugo não desperdiçou. O meia ex-São Paulo e Grêmio ficou com o rebote de um cruzamento e chutou no canto esquerdo para fazer o primeiro gol do torneio.

Animado pela vantagem, além de sentir um adversário abatido, o Al-Wahda ampliou logo em seguida com Fernando Baiano. Em jogada quase igual ao do principio do jogo, o atacante dominou e concluiu por baixo superando o camisa um rival.

Ao contrário do primeiro tempo, o Al-Wahda iniciou a pressão mais cedo. Com dois minutos, Matar tirou do goleiro, mas Fernando Baiano não chegou em tempo de desviar para o fundo da rede. Mais tarde, Al Hammedi arriscou de longe obrigando Tamanisau a espalmar. Aos 24 minutos, em cruzamento da esquerda, Jumaa completou de cabeça e ampliou a vantagem.

Depois de consolidar o marcador, o Al-Wahda administrou o confronto. Batida por completo, os representantes da Oceania especulavam marcar ao menos um gol. Mas com pouco poderio ofensivo não conseguiram superar o goleiro Al Hosani.

Na próxima sexta-feira, Pachuca e Mazembe, da República Democrática do Congo, se enfrentam para definir o adversário do Internacional na semifinal, que acontece no dia 14 de dezembro.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker