Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/12/2010
14h18 | esportes - Futebol
'Milan é brasileiro na alma. Ficarei aqui mais dez anos', diz Robinho

globoesporte.com 

Robinho é só alegria no Milan. Titular do ataque ao lado do sueco Zlatan Ibrahimovic, o ex-santista afirmou que não pretende sair tão cedo do clube e que finalmente está se divertindo no futebol europeu, depois de passagem sem brilho pelo Manchester City. Em entrevista ao jornal "La Gazzetta dello Sport", o camisa 70 defendeu ainda o amigo Ronaldinho Gaúcho, que tem ficado no banco.

- O Milan é brasileiro na alma. É impossível não se sentir bem aqui. Não quero sair, ficarei aqui mais dez anos - disse Robinho.

O brasileiro trocou o Real Madrid pelo Manchester City em 2008, na maior transferência da história do futebol inglês (32,5 milhões de libras, ou R$ 86,7 milhões). Neste ano, o City negociou o craque com o Milan por 15 milhões de libras (R$ 40 milhões). Após começar na reserva, Robinho ganhou a confiança de Allegri, virou titular e marcou quatro gols em 16 partidas na temporada (12 pelo Campeonato Italiano e quatro na Liga dos Campeões).

- O futebol inglês não se adapta às minhas características. Eles dão muitos chutões e jogam pouco com a bola no gramado. Para um brasileiro, isso não é o máximo. Na Itália, ao contrário, eu me divirto porque jogamos futebol como eu gosto - analisou.

Robinho disse ainda que se sente muito bem fisicamente e que quer aproveitar a boa fase para se "sentir em casa". Sobre Ronaldinho, que perdeu lugar no time quando o ex-santista passou a ser titular, o camisa 70 afirmou que nenhum jogador gosta de ficar no banco.

- Para mim, ele segue sendo um jogador fantástico, que faz a diferença quando está bem - concluiu.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker