Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | VITOR HUGO
FORAM ELIMINADOS O SERGIPE MAIOR TORCIDA DO ESTADO, ITABAIANA A MAIOR DO INTERIO ...
26.06 | Aldery
Tudo deu errado como sempre para o Central! Desfalques e má atuação de alguns jo ...
26.06 | MARCOS LEITE
O CENTRAL TÁ GARANTIDO NA SÉRIE D 2018, AGORA TEM Q MUDAR A DIRETORIA, E FAZEREM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/10/2010
09h40 | esportes - MUNDIAL
Inter enfrentará Pachuca ou campeão africano nas semifinais do Mundial
Sorteio na Fifa define que estreia colorada será contra clube do México, do Congo ou da Tunísia

Está traçado o caminho colorado na luta para reconquistar o planeta. Sorteio realizado pela Fifa nesta quarta-feira definiu que o primeiro adversário do Inter no Mundial de Clubes será o Pachuca, do México, ou o futuro campeão da África: o Esperance, da Tunísia, encara o Mazembe Englebert, do Congo, na decisão pelo título do continente. Mexicanos e africanos farão um duelo prévio, em 11 de dezembro, pelas quartas de final, e dele sairá o oponente do Inter nas semifinais do Mundial, dia 14 de dezembro, em Abu Dhabi.

O futuro campeão asiático caiu do lado do Internazionale nas chaves do Mundial. O Seongwan Ilhwa, da Coreia do Sul, enfrenta o Zob Ahan, do Irã, na disputa pela conquista continental. Daí sairá o adversário do Al-Wahda, dos Emirados Árabes, ou do Hekari United, de Papua Nova Guiné. Um deles enfrentará o clube italiano nas semifinais.

O Pachuca é um velho conhecido do Inter. Em 2007, o Colorado atropelou o clube mexicano na decisão da Recopa. Perdeu por 2 a 1 no México, mas fez 4 a 0 no Beira-Rio e ficou com o título. Caso enfrente um africano nas semifinais, o time gaúcho repetirá o que fez em 2006, quando passou pelo Al-Ahly, do Egito, antes de superar o Barcelona na finalíssima.

Feito o sorteio, o Inter começa a analisar seu possível primeiro adversário. Guto Ferreiro, olheiro do clube, inclusive já tinha agilizado o visto mexicano para observar o Pachuca mais de perto. Ele também deve ir para a Tunísia. A entrada no Congo é mais complicada, mas a falta de informações sobre o Mazembe obrigará o clube a fazer um esforço para chegar até lá.

 

 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker