Página inicial
 
Mural de recados
26.09 | ADALBERTO FLORÊNCIO DE OLIVEIRA
Bom dia grande torcida centralina,eu acho o seguinte nos devemos fazer é acredit ...
25.09 | Kaio
Essa tal de Prefeita tem obrigação de judar a nossa Patativa Temos que fazer pr ...
25.09 | Freddy Renner
Eu só tô vendo números positivos para o Náutico, com essa parceria. Algum torced ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/10/2010
12h40 | esportes - LUTO
'Profeta' da Copa, polvo Paul morre na Alemanha e ganhará estátua
Famoso por acertar resultados de oito jogos, molusco será cremado

Por GLOBOESPORTE.COM Oberhausen, Alemanha

O polvo Paul, que ficou famoso por acertar os resultados de oito jogos que "analisou" na Copa do Mundo, morreu na noite de segunda-feira, no oceanário Sea Life, na cidade alemã de Oberhausen. O molusco, que nasceu em 2008,  teve morte natural e será cremado.

De acordo com Stefan Porwoll, diretor geral do oceanário, Paul deverá ser homenageado com um monumento no Sea Life, que virou atração turística em Oberhausen por causa da fama do "polvo profeta".

- Ele era muito querido por nós e fará muita falta. Como ele virou celebridade em vida, parece apropriado uma estátua para ele - afirmou o Stefan.

polvo profeta Espanha final Polvo acerta o resultado da final da Copa do Mundo entre Espanha e Holanda na Copa (Foto: Reuters)

A previsão de Paul funcionava com potes de comida em seu aquário: ele era atraído com mexilhões colocados em dois recipientes iguais adornados com as bandeiras dos países que iriam se enfrentar. Nas oito partidas da Copa do Mundo que fez o ritual, Paul escolheu a seleção que acabou vencendo (todos os jogos da Alemanha e a  final, entre Espanha e Holanda).

Visitantes do Sea Life saindo por alarme falso de incêndioA entrada do Sea Life, onde o polvo Paul viveu até
morrer na segunda-feira (Foto: Rafael Maranhão)

O molusco mais famoso do planeta era um polvo comum, da espécie Octopus vulgaris, encontrada no Mar Mediterrâneo e numa faixa do Oceano Atlântico que vai do Atlântico Norte à costa oeste da África.

- A direção e a equipe do Centro da Vida Marinha de Oberhausen ficaram devastados ao descobrir que o polvo oráculo Paul, que obteve reconhecimento global durante a recente Copa do Mundo, morreu durante a noite - disse o Sea Life em um comunicado nesta terça.

Após a Copa, o polvo recebeu várias propostas para mais previsões (o Sea Life chegou a cobrar R$ 34 mil para o molusco adivinhar o campeão da Fórmula 1), virou garoto-propaganda de um supermercado e teve seu nome registrado como marca na Europa. O oceanário de Oberhausen aproveitou a fama do animal para vender bichinhos de pelúcia do polvo e outros produtos, como camisas, canecas e sabonetes.

Em agosto, o molusco foi nomeado embaixador da candidatura da Inglaterra para sede da Copa de 2018. Um mês depois, Paul recebeu uma certidão de nascimento italiana, pois o animal nasceu na Ilha de Elba, na cidade de Marina di Campo.

Ironicamente, logo após o Mundial vencido pela Espanha uma produtora chinesa anunciou o início das gravações do filme "O Assassino de Paul, o Polvo", com cenas na África do Sul e Pequim.

Loja do Sea Life com produtos sobre PaulOceanário na Alemanha aproveitou fama do polvo para faturar com vários produtos (Foto: Rafael Maranhão)

.
 
 
 
eXTReMe Tracker