Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | VITOR HUGO
FORAM ELIMINADOS O SERGIPE MAIOR TORCIDA DO ESTADO, ITABAIANA A MAIOR DO INTERIO ...
26.06 | Aldery
Tudo deu errado como sempre para o Central! Desfalques e má atuação de alguns jo ...
26.06 | MARCOS LEITE
O CENTRAL TÁ GARANTIDO NA SÉRIE D 2018, AGORA TEM Q MUDAR A DIRETORIA, E FAZEREM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/09/2010
18h59 | esportes - SÉRIE C
(SÉRIE C) - Alecrim-RN 0x2 Salgueiro - Clube Pernambucano está a dois jogos da série B.
O carcará enfrentará o Paysandu no mata-mata.

Do Super Esportes 

Foi na base do sufoco. Depois de um péssimo início, o Salgueiro encontrou forças na reta final da fase de grupos da Série C e continua na briga por uma das quatro vagas que garantem um lugar na Série B do próximo ano. Domingo, o Carcará bateu o Alecrim/RN por 2 x 0, no estádio Machadão, e avançou às quartas de final. Caso superem o Águia/PA na próxima fase, os sertanejos já podem comemorar o acesso.

A briga no Grupo B estava tão aberta que três equipes chegaram à última fase da seguinte maneira: uma seguiria na disputa, a outra permaneceria na Terceira Divisão, enquanto alguém seria rebaixado à Série D. E a tarefa dos representantes de Pernambuco não era nada fácil. Longe de seus domínios, o Salgueiro precisava vencer o Alecrim e ficar de olho no jogo entre CRB/AL e ABC/RN.

Ciente disto, o técnico Cícero Monteiro armou o Salgueiro de maneira ofensiva, apostando principalmente no trio formado pelo meia Clebson e os atacantes Júnior Ferrim e Fagner. Mas, logo aos três minutos de jogo, o zagueiro Leo Gama pediu para ser substituído, reclamando de fortes dores na musculatura da coxa direita. A mudança não arrefeceu o ânimo da equipe pernambucana, que continuou buscando o gol que poderia garantir a classificação.

A partir dos 25 minutos, o jogo ficou mais equilibrado com o Alecrim explorando jogadas pelas laterais, principalmente. A melhor chance, entretanto, veio dos pés do meia Jackson, que aproveitou o espaço dado pelos marcadores potiguares e bateu forte. A bola se perdeu pela linha de fundo passando muito próximo da trave defendida pelo goleiro Jair.

As emoções mais fortes foram guardadas para a segunda etapa. No intervalo, o treinador do Carcará recomendou uma postura mais agressiva e logo aos cinco minutos, o meia Edu Chiquita invadiu a grande área adversária e acertou uma bomba na trave. Aos 26, veio a recompensa pela determinação. De cabeça, o atacante Júnior Ferrim escorou um bom cruzamento e abriu o placar.

Com a notícia de que o CRB também estava vencendo seu jogo em Alagoas, o Alecrim partiu para o tudo ou nada, já que a combinação de resultados rebaixava a equipe potiguar. Mas, o Salgueiro resistiu às investidas e, depois de o jogo ficar paralisado por cerca de meia hora por conta da falta de energia no Machadão, Fagner ampliou a vantagem do Carcará num contra-ataque veloz.

Na próxima fase, as quartas de final, o Salgueiro enfrenta o Águia/PA, que terminou na primeira colocação do Grupo A. Caso passe pelos paraenses, o Carcará pode comemorar o acesso inédito à Série B.

FICHA TÉCNICA


Alecrim
Jair, Ângelo, Fabiano, Marcio Blot e Nego; Hércules, Nivaldo (Júlio César), Marcelinho e Silas (Somália); André Cassaco e Helinho. Técnico: Ferdinando Teixeira

Salgueiro
Marcelo, Rogério Rios, Eridon, Leo Gama (Nei Carioca), Serginho (Lismar); Rodolfo, Pio, Jackson, Clebson (Edu Chiquita); Júnior Ferrim e Fagner. Técnico: Cícero Monteiro

Local: Estádio Machadão. Árbitro: Gladstone Gonçalves da Silva/CE. Gols: Júnior Ferrim (26' do 2º tempo); Fagner (48' do 2º tempo). Renda: R$ 16,790. Público: 1.433 torcedores


.
 
 
 
eXTReMe Tracker