Página inicial
 
Mural de recados
19.08 | MARCOS LEITE
EU SÓ ESPERO Q O CANDIDATO VENCEDOR, TEM UM GRUPO DO PATRIMONIO, CENTRAL TÁ PRA ...
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/09/2010
18h38 | esportes - SÉRIE C
(SÉRIE C) - Salgueiro 3x0 CRB-AL - Carcará na briga pela classificação.
Gols: Fagner (25’ 2T), Júnior Ferrim (29’ 2T), Beá (44’ 2T)

Do Futebol Alagoano 

Nem de longe o torcedor poderia imaginar que o CRB pudesse ter uma atuação tão ruim, beirando o vexame, perdendo de 3 a 0, numa partida que começou equilibrada, com oportunidades criadas dos dois lados. Pelo menos foi assim que prevaleceu o jogo até o fim do primeiro tempo. Na segunda etapa, o CRB voltou a campo irreconhecível, errou muito e praticamente ficou apenas assistindo aos ataques ofensivos do Salgueiro, que passou a criar boas jogadas, deixando o Galo recuado.

Dois, dos três gols do Salgueiro, foram de pênalti. O primeiro, marcado por Fagner, após ele ter sido derrubado com um carrinho na área. O segundo gol saiu quatro minutos depois, de uma cabeceada de Júnior Ferrim.No finalzinho da partida, aos 44 minutos, o árbitro marcou mais um pênalti. Beá cobrou e definiu o placar.

Agora, a situação do CRB é preocupante.o resultado deixou o time alagoano na lanterna do Grupo B, com 8 pontos. O Galo precisa vencer o próximo jogo, que será contra o ABC, no dia 19, às 15h, no Rei Pelé, para escapar do rebaixamento. As chances de classificação são mínimas agora. Além de necessitar dos três pontos, precisa torcer para que o Salgueiro vença o Alecrim, para se classificar. Se perder, porém, muda a torcida, já que alviverde potiguar é seu rival contra o rebaixamento. O próximo compromisso do time pernambucano, que passa a ocupar a quarta colocação, também com oito pontos, será no mesmo dia e hora que o jogo do Galo.

Lá e cá
O primeiro tempo de jogo foi bastante equilibrado. Cada equipe desperdiçou, pelo menos, duas excelentes chances de abrir o placar. De um lado, o Salgueiro conseguiu criar boas jogadas, se mostrando bastante ofensivo. Do outro, o CRB trabalhou bem as bolas, também conseguindo armar boas jogadas. Os erros ficaram nas finalizações.

O Salgueiro começou com disposição, mas o CRB se mostrou atento e não foi surpreendido. No primeiro lance, o Galo chegou roubando a bola e Renato Silva tocou para Júnior Amorim chutar para o gol, assustando o goleiro Marcelo. O time da casa não deixou por menos e, ao receber passe de Júnior Ferrim, Clebson passou perto de abrir o placar, mas Glaydson apareceu pra fazer o corte.

Na sequência de respostas, foi a vez do CRB dar o troco. Eder encontrou Edmar livre. Ele recebeu a bola, deu a finta no marcador e fez o passe, mas Marcelo estava atento para fazer a defesa. No lance seguinte, o time alagoano desperdiçou uma excelente chance, na cobrança de falta de Andre Cunha, que bateu errado.

O CRB passou a sentir a marcação mais apertada e cedeu espaços, deixando o Salgueiro chegar com facilidade. Jackson teve tempo de levantar a cabeça e tocar para Júnior Ferrim, que chutou com perigo contra o gol do Galo.

Numa cobrança de falta, quando todos esperavam o cruzamento, Dio surpreendeu batendo direto pro gol, mas o goleiro Marcelo, mais uma vez atento, fez a defesa. O CRB parou de atacar e passou a se defender, ainda dando espaço para o Salgueiro criar jogadas.

Aos 34 minutos, o CRB deixou passar a grande oportunidade de abrir o placar. Dio, que apresentou uma excelente visão de jogo, deixou Renato Silva praticamente livre de marcação, mas o meia chutou de primeira, sem direção. Em seguida foi a vez do Salgueiro desperdiçar, com Júnior Ferrim, que levou muito perigo para o goleiro Juninho.

CRB apenas assiste a partida
No segundo tempo o Salgueiro voltou com pressão total, fazendo o Galo jogar recuado, se defendendo de toda maneira. E faltou pouco para o time abrir o placar, aos quatro minutos. Clebson subiu sozinho para cabecear, mas esbarrou na defesa do goleiro Juninho, que espalmou a bola para escanteio.

Mesmo desperdiçando uma chance atrás da outra, o Salgueiro continuou mostrando superioridade. E conseguiu abrir o placar com um gol de pênalti, aos 23 minutos. Alexandre deu um carrinho em Fagner dentro da área, atingindo o atacante. O próprio Fagner fez a cobrança, batendo com frieza, deslocando o goleiro Juninho, que caiu para o canto direito e a bola entrou no esquerdo: 1x 0

E apenas quatro minutos depois, o Salgueiro marcou o segundo gol na partida. Júnior Ferrim recebeu lançamento pela direita e tocou de cabeça direto, pro fundo da rede do goleiro Hudson, que substituiu Juninho, que saiu contundido: 2 x 0

Aos 40 minutos, Edmar tentou diminuir para o CRB, mas o goleiro Marcelo estava bem postado. E já perto do finalzinho da partida, o árbitro marcou um novo pênalti para o Salgueiro após o volante Emerson ter puxado o armador Jackson, dentro da área. Beá cobrou, deixando Hudson caído no canto direito da trave: 3 x 0, definindo o placar. Nos minutos finais, a torcida gritava olé a cada toque de bola regatiano.

FICHA TÉCNICA

Salgueiro 3x 0 CRB
Data: 12/09/2010
Local: Estádio Cornélio Barros - Salgueiro/PE
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira - BA
Auxiliares: Edmo Oliveira Santos - SE e João Carlos Santos - SE

Gols: Fagner (25' 2T), Júnior Ferrim (29' 2T), Beá (44' 2T)

Cartões amarelos: Salgueiro - Henrique, Romário, Júnior Ferrim / CRB - Rafinha, Eder, Renato Silva, Alexandre, Glaydson

SALGUEIRO
Marcelo, Rogério Serra (Romário), Eridon, Henrique, Serginho (Wendel), Rodrigo, Pio, Jackson, Clebson, Júnior Ferrim, Fagner (Beá).
Técnico: Cícero Monteiro

CRB
Juninho (Hudson), André Cunha, Lê, Alexandre, Rafinha, Glaydson, Eder, Dio, Renato Silva (Emerson), Eder, Júnior Amorim (Luciano Dias).
Técnico: Edson Ferreira


.
 
 
 
eXTReMe Tracker