Página inicial
 
Mural de recados
15.12 | paulo
parasse ter uma ideia o Salgueiro não tem acao trabalhista com jogadores vai jog ...
15.12 | Carlos
Eu acho que esse kleo tem problemas mentais o menino inocente se ilude com tudo. ...
15.12 | MARCOS LEITE
PAULO, 1 MILHÃO E MEIO SE O CENTRAL FOSSE TER CALENDÁRIO ATÉ NOVEMBRO, MAS DIGAM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/10/2014
17h03 | esportes - SÉRIE C
SÉRIE C > Mogi Mirim 0 x 0 Salgueiro – Clube Paulista está de volta à série B após 10 anos e Carcará do Sertão se mantém na série C
CLIQUE E CONFIRA.

Do Futebol Interior 

Mogi Mirim está de volta à Série B do Campeonato Brasileiro depois de 10 anos. Na tarde desta sexta-feira, no estádio Romildo Ferreira, o Sapo recebeu o Salgueiro e ficou no 0 a 0. Com a vitória no jogo de ida, em Pernambuco, por 1 a 0, o Mogi Mirim garante o acesso e a classificação as quartas de final da Série C.

Apesar do acesso já consumado o Mogi Mirim ainda quer mais na Série C. Para conhecer seu adversário na semifinal o Sapo terá que esperar até a tarde deste sábado, quando Tupi e Paysandu se enfrentam, em Juiz de Fora. No jogo de ida, o Papão venceu por 2 a 1.

 

ETAPA INICIAL ELETRIZANTE

A partida começou muito disputada. Jogando em casa e com a vantagem no placar, o Mogi Mirim controlou os minutos iniciais do jogo, tendo mais posse de bola. Já o Salgueiro, com alguns problemas na criação, não conseguia achar espaços na zaga adversária. A primeira chance do jogo foi do Sapo, com Nando, mas o chute foi pela linha de fundo.

Salgueiro chega pela primeira vez aos sete minutos. Após cruzamento do lado esquerdo, Kiros ganha pelo alto da defesa adversária e, de cabeça, manda para o gol. Com tranquilidade Mauro defende e evita o primeiro gol do confronto.

Mogi Mirim perde grande chance com Everton Heleno. Em contra-ataque, o jogador saiu na cara do goleiro Luciano, mas na hora de finalizar pegou mal na bola e acabou mandando por cima do gol. Foi a melhor chance de gol em um jogo marcado por muita disputa no meio de campo.

A partir dos 20 minutos o jogo ganhou emoção. Depois do lance do Mogi, o Salgueiro quase marcou com Kiros em boa cobrança de falta. Na sequência, o Sapo foi ao ataque e, perto da pequena área, Nando acertou a trave do goleiro Luciano e por pouco não abriu o placar.

Antes do fim do primeiro tempo o Salgueiro ainda teve duas boas oportunidades em cobranças de falta com Kiros. Na primeira, a bola desviou na zaga e se perdeu pela linha de fundo. Já na segunda o chute do jogador passou rente a trave.

DEU SAPO!

Precisando marcar para continuar vivo no jogo o Salgueiro foi pra cima do Mogi. Logo aos seis minutos Kiros, após cruzamento de Fabrício Ceará desperdiça uma chance incrível. O atacante ficou sozinho com a bola e com o gol aberto, mas bateu pela linha de fundo.

Porém, o Mogi Mirim rapidamente voltou a dominar o jogo e passou a ter mais posse de bola. Com um ritmo um pouco mais lento do que na primeira etapa, até mesmo por conta do calor no interior paulista, o Sapo trocava passes para envolver a defesa adversária. Aos 22 minutos, Vitinho recebeu boa bola, passou pela marcação e finalizou para o gol, mas Luciano fez boa defesa.

Ao final da partida o Mogi abriu mão do ataque, mas priorizou a posse de bola. Já o Salgueiro, que demonstrava cansaço em campo, não conseguia roubar a bola do adversário e, assim, o jogo terminou em 0 a 0, garantindo o acesso do Mogi Mirim à Série B após dez anos.

FICHA TÉCNICA

Fase
Quartas-de-final
Rodada
2ª rodada
Data
24/10/2014
Horário
16h00
Local
Estádio Romildo Ferreira - Mogi Mirim (SP)
Árbitro
Jean Pierre Goncalves Lima - RS

Renda
R$ 26.120,00
Assistentes
Marcelo Bertanha Barison - RS e Jose Eduardo Calza - RS

Público
4.671 presentes
Cartões Amarelos
Mogi Mirim-SP: Fábio Sanches
Salgueiro-PE: Marcos Tamandaré, Valdeir

Mogi Mirim-SP
Mauro;
Valdir, Fábio Sanches, Wagner e Leonardo;
Magal, Maycon, Danrlei e Vitinho (Moisés);
Nando (William Popp) e Everton Heleno (Thomas Anderson)
Técnico: Claudinho Batista
Salgueiro-PE
Luciano;
Marcos Tamandaré, Ranieri, Ricardo Bráz e Daniel;
Moreilândia (Elvis), Vitor Caicó, Zé Roberto (Valdeir) e Anderson Paraíba;
Kiros (Kanu) e Fabrício Ceará
Técnico: Fernando Alcântara

...
 
 
 
eXTReMe Tracker