Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/08/2013
04h19 | esportes - COPA DO BRASIL 2013
COPA DO BRASIL > Salgueiro foi derrotado por 3x0 pelo Internacional
Clique e Confira >>>
Em partida de "um time só", o Internacional venceu o Salgueiro por 3x0, na noite desta quinta-feira (22/8), no estádio do Vale, em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O Colorado dominou o duelo do começo ao fim e poderia até ter vencido por uma margem maior. Ainda assim, praticamente encaminha sua classificação às quartas.

Ao Carcará, resta a difícil missão de tentar vencer por quatro gols de diferença no jogo de volta, no Cornélio de Barros, na próxima quinta-feira (29/8). Um triunfo por 3x0 leva a decisão para os pênaltis.

O resultado tirou a invencibilidade do time pernambucano na competição. Ao mesmo tempo, acabou com o jejum do clube gaúcho, que estava há cinco partidas sem vencer pela Série A do Campeonato Brasileiro.

Como era de se esperar, o Salgueiro foi para a partida bem fechado, apostando no esquema 3-6-1. Em boa parte do tempo, apenas o centroavante Fabrício Ceará aparecia após a linha de meio de campo. Sendo assim, o Internacional teve mais posse de bola e atacou com maior frequência.

A primeira chance veio aos 5 minutos. Fabrício recebeu na área passe de Kléber e chutou cruzado. A bola passou perto do gol de Mondragon, mas foi para fora. Aos 8, uma blitz colorada. Após tentativas de Leandro Damião e D'Alesssandro, Jorge Henrique chutou o rebote no travessão.

Os sertanejos tentavam contra-ataques, mas esbarravam na falta de qualidade no passe. A outra estratégia era a cera. Tanto o goleiro Mondragon como o volante Moreilândia tomaram cartão amarelo por arrastar o jogo.

O Inter foi aumentando o volume com o passar do tempo. Para o Carcará, de destaque apenas uma falta no travessão cobrada por Daniel, aos 30. Pelos donos da casa, vieram chances com Damião, aos 32, tentando de letra após cruzamento, e Forlán, arriscando de canhota de longe, para fora.

No primeiro tempo o Internacional ainda desperdiçou outras três chances, com Jorge Henrique, Forlán e Leandro Damião. Na volta do intervalo, o argentino Scocco entrou na vaga de Ygor. Já o Salgueiro não mudou.

A segunda etapa começou com muita chuva e um pênalti. Aos 2, Alemão agarrou Leandro Damião na área. No mesmo lance, Juan fez o gol, mas o árbitro Alício Pena Júnior já havia apitado a penalidade. No minuto seguinte, D'Alessandro bateu certeiro, do lado esquerdo de Mondragon.

O maior problema do Carcará era a fragilidade de marcação no meio e os buracos deixados pelos laterais. Assim, o Inter chegava com facilidade, mas seguiu perdendo chances, com Damião, aos 6, e Forlán, aos 12, ambos chutando errado.

O segundo veio aos 21. Forlán cruzou, Mondragon caçou borboleta e Scocco completou com tranquilidade. Daí para a frente, os anfitriões continuaram dominando a partida e ainda ampliaram aos 42, com Forlán, de cabeça.

Salgueiro
Mondragon; Tamandaré, Aylton Alemão, Ranieri e Daniel; Pio, Moreilândia (Rodolfo), Vitor Caicó, Alexon (Sudo) e Yerién (Canga); Fabrício Ceará. Técnico: Marcelo Chamusca.

Internacional
Alisson; Jorge Henrique, Ronaldo Alves, Juan e Kléber (Alex); Ygor (Scocco), Willians, D'Alessandro e Fabrício; Forlan e Leandro Damião (Otávio). Técnico: Dunga

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS). Árbitro: Alício Pena Júnior (MG). Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Cristhian Passos Sorence (GO). Gols: D'Alessandro, aos 3 minutos, Scocco, aos 21, e Forlán, aos 42 do segundo tempo. Cartões amarelos: Leandro Damião e D'Alessandro (I); Mondragon, Fabrício Ceará e Moreilândia (S).
 
Do Blog do Torcedor 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker