Página inicial
 
Mural de recados
15.12 | paulo
parasse ter uma ideia o Salgueiro não tem acao trabalhista com jogadores vai jog ...
15.12 | Carlos
Eu acho que esse kleo tem problemas mentais o menino inocente se ilude com tudo. ...
15.12 | MARCOS LEITE
PAULO, 1 MILHÃO E MEIO SE O CENTRAL FOSSE TER CALENDÁRIO ATÉ NOVEMBRO, MAS DIGAM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/08/2013
23h13 | esportes - SALGUEIRO
SALGUEIRO > Jogadores do carcará vão receber prêmio gordo em caso de classificação na Copa do Brasil
Clique e Confira

O presidente do Salgueiro, Clebel Cordeiro, está feliz da vida com o seu time. Na Série C, o Carcará é vice-líder do Grupo A2, com 11 pontos (um a menos do líder, o Gorupi, adversário da próxima rodada). E na Copa do Brasil, a equipe do interior é o único representante pernambucano. O duelo contra o Inter-RS, marcado para os dias 21 (no Rio Grande do Sul) e 28 (em Salgueiro) está sendo aguardado sob muita expectativa por todos. Especialmente pelos atletas, que estão ganhando uma boa grana extra com o avanço do time na competição.

Desde o início da competição, a diretoria e os jogadores fecharam um acordo em torno da premiação dos atletas em caso de classificação de fases na Copa do Brasil. Em caso de classificação diante do Inter-RS, o clube não vai ficar com um centavo da premiação em dinheiro que a CBF destina aos clubes que avançam na competição. Tudo vai para os jogadores.

"Em caso de classificação, a CBF paga R$ 700 mil. Mas como haverá descontos de taxas e impostos, será enviado cerca de R$ 400 mil. Tudo será revertido para os atletas", disse o mandatário do Carcará, revelando que a folha salarial do elenco gira em torno dos R$ 180 mil.

Clebel disse que, pela classificação na primeira fase, foi paga a premiação de R$ 20 mil. Na segunda fase, R$ 50 mil. Enquanto, na terceira, R$ 250 mil. "Tivemos uma visibilidade muito boa após eliminarmos o Criciúma. "Está sendo um reconhimento para os jogadores essa classificação", diz Clebel, que não quer nem pensar na hipótese da conquista do título da Copa do Brasil. "Não discutimos esse assunto. É melhor viver o presente com os pés no chão", disse.

Enquanto a bola não rola para esse confronto histórico diante do Colorado, a diretoria assiste às reformas feitas pela prefeitura da cidade no estádio Cornélio de Barros. "Estão sendo atendidas às exigências da CBF, como a instalação de câmeras de segurança e outros itens, para que a gente possa receber o segundo jogo sem problemas", contou.

Do Blog do Torcedor


.
 
 
 
eXTReMe Tracker