Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/01/2013
09h40 | esportes - SALGUEIRO
NORDESTÃO 2013: Salgueiro pronto para surpreender
Clique e Confira >>>
Nordeste, o Salgueiro tem na competição regional a chance da provar que os dois rebaixamentos consecutivos no Brasileirão foram apenas um “acidente de percurso”. Pela frente estão o “poderoso” Vitória-BA e os tradicionais América-RN e ASA-AL. Levando em conta que a equipe baiana está na Série A e é, sem dúvidas, um dos principais postulantes ao título da competição, o Carcará tem como meta beliscar a segunda colocação do grupo. Passando da primeira fase, o que vier é lucro. Esse, pelo menos, é o pensamento inicial do presidente do clube sertanejo, Clebel Souza.

A verdade é que os últimos anos do Carcará têm sido entre altos e baixos. Após chegar às semifinais do Estadual do ano passado, o Carcará perdeu a espinha dorsal do time para o segundo semestre e acabou rebaixado à Série D. Em 2010, o clube comemorava o inédito acesso à Série B. Êxito que depois se resumiu apenas aos Estaduais. Para tentar fazer melhor nesta temporada, o Salgueiro demitiu Neco e apostou em um novo técnico: Marcelo Chamusca – irmão de Péricles Chamusca. Com o retorno do atacante Fabrício Ceará ao time e a manutenção de atletas como os laterais Peri e Marcos Tamandaré, além dos meias Edmar e Clebson, a expectativa é que o time possa surpreender no Nordestão.

Já a realidade do Vitória é bem distinta. De volta à Série A e com uma receita próxima dos R$ 50 milhões, o clube manteve a base do time que conquistou o acesso no ano passado. Para o comando técnico, contratou Caio Júnior. Único tetracampeão da competição, os rubro-negros dividem com Sport e Bahia o favoritismo ao título.

O América, do técnico Roberto Fernandes, tem uma receita mais limitada, mas conseguiu manter parte do grupo. Além disso, contratou alguns atletas, como o meia Cascata, ex-Náutico. Por fim, o ASA. Equipe que vem conseguindo se manter na Série B, o clube aposta na organização do técnico Leandro Campos para fazer um bom campeonato e surpreender.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker