Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/08/2012
19h27 | esportes - SÉRIE C
SÉRIE C: Salgueiro empata com o Paysandu, mas mantém tabu - 1x1
Clique e Confira >>>
A cada jogo nesta temporada, o Salgueiro dá mostras de que vencê-lo no Cornélio de Barros é algo bastante improvável de acontecer. Neste domingo, na briga pela classificação no G4 do Campeonato Brasileiro da Série C, o Carcará recebeu o Paysandu-PA. Até que o Papão tentou quebrar o tabu. Abriu a contagem e endureceu a partida. O Carcará perdeu algumas chances, mas conseguiu o empate em 1 a 1. Com o resultado, chegou à sua 17ª partida no ano sem saber o que é perder dentro dos seus domínios.  

Os sertanejos  iniciaram o primeiro ato do duelo a todo vapor. Pareciam estar dispostos a liquidar a fatura já no começo do confronto. Chegaram, inclusive, a marcar um gol relâmpago, que acabou sendo anulado pela arbitragem. Aos seis minutos de bola rolando, o atacante Marciano quase abriu o placar para os mandantes. O Salgueiro seguia pressionando os paraenses. Pecava somente no último toque. O Papão, por outro lado, tentava se aproveitar dos contra-ataques e de algumas falhas do sistema defensivo salgueirense. Mas todas as poucas investidas foram desperdiçadas.  No meio do primeiro tempo, os pernambucanos perderam um pouco de força ofensiva devido a saída do arisco lateral-direito Marcos Tamandaré, que teve de deixar o campo sentindo dores musculares. 

No começo segundo tempo, o Salgueiro seguiu apresentando os mesmos erros de finalização. O volante Pio perdeu um gol cara a cara com o goleiro, logo aos 10 minutos. O preço foi caro. Aos 15, o Paysandu fez 1 a 0, com Vanderson. O Carcará, no entanto, não se acuou. Seguiu na pressão. A resposta terminou sendo imediata. Um minuto depois de sofrer o gol, o experiente atacante Júnior Ferrim, que havia acabado de entrar no lugar do pouco produtivo Edmar, acertou a barra e deixou tudo igual no placar: 1 a 1.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker