Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
28.04 | MARCOS LEITE
FALAM DO GRAMADO DO LACERDÃO NO BRASIL INTEIRO TEM GRAMADA ATÉ PIORES Q O LACERD ...
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/04/2012
13h59 | esportes - SALGUEIRO
SALGUEIRO: Carcará perto da maior chance
Nunca o futebol do interior esteve tão perto de lutar de forma direta pelo título pernambucano
A chance de fazer história bate à porta do Salgueiro. Domingo, no Arruda, o Carcará depende apenas de um empate para chegar à final do Pernambucano. Jamais um clube do interior teve oportunidade tão real de brigar pelo título. Nem mesmo o Porto, vice em 1997 e 1998. Naquele biênio, o Sport venceu todos os turnos. Só em 1998 o Gavião teria a possibilidade de ser campeão numa possível final. Para isso, seria preciso derrotar o Sport quatro vezes. Não conseguiu nenhuma vez sequer. Ainda teve o Central em 2007, mas a Patativa foi vice-campeã sem final. O Leão ganhou os dois turnos.

Além do tímido retrospecto dos clubes do interior, o Santa Cruz se agarra em outras motivações para reverter a desvantagem do primeiro encontro. Uma está diretamente relacionada ao atacante Dênis Marques, artilheiro isolado do time com 12 gols. Sempre que DM9 balançou a rede, o Tricolor saiu de campo vitorioso.

Desfalque no primeiro jogo, ele ainda é dúvida para a segunda partida. Ontem, o departamento médico coral divulgou um relatório sobre o quadro dos atletas lesionados. Dênis não apresentou nenhuma lesão óssea e seguirá em tratamento intensivo nos próximos dias. O atacante se machucou na véspera do jogo em Salgueiro, após uma disputa de bola no último treino.

Além do possível retorno de DM9, outra motivação tricolor é a vitória sobre o próprio Carcará na primeira fase, por 2 a 0, no Arruda. Por sinal, foi a única derrota do Salgueiro contra o Trio de Ferro este ano. O aproveitamento do Carcará contra os grandes impressiona: foram cinco vitórias e apenas um empate nos outros seis jogos.

O empate em 0 a 0 com o Sport, em plena Ilha do Retiro, mostrou a capacidade de se defender do time comandado por Neco. Domingo, o Salgueiro deve tentar repetir a mesma postura no Arruda. Caberá ao Santa Cruz se impor.

O Carcará terá a chance de justificar a bela homenagem feita aos clubes do interior antes do primeiro jogo da semifinal. No Cornélio de Barros, cada jogador do Salgueiro entrou em campo com uma camisa de um clube do interior. Um gesto simbólico para ilustrar a união que move o time sertanejo.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker