Página inicial
 
Mural de recados
12.12 | Pierre Santos
Marcos Leite, é bom pela renda no momento, agora quando lota é de 90% de caruaru ...
12.12 | CLEO
Vdd Marcos Leite se o Centralzão começar com o pé direito a torcida vai comparec ...
12.12 | CLEO
VAMOS PRA FESTA GALERA NESSA TERÇA LANÇAMENTO DA NOVA MARCA E AS MUSAS DO CENTRA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/07/2011
23h26 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Boa Esporte 0x0 Salgueiro -> Carcará soma importante ponto fora de casa
Clique e confira!

Do Blog do Torcedor 

Num jogo feio, de muita marcação, o Salgueiro conseguiu um ponto em Varginha, ao empatar sem gols com o Boa Esporte, na noite desta sexta-feira (1). Com nove pontos, o Carcará sobe para o 14º lugar, mas a posição pode mudar com o complemento da rodada, neste sábado.

Desde os primeiros minutos, o jogo manteve-se preso no meio de campo. Muito disso por conta da postura do Carcará, com seus laterais mais recuados. Além de congestionar o setor, prejudicou o time pernambucano na hora de sair para o contra-ataque. Quando tinha a bola, faltava gente para receber no ataque.

Com isso, finalização que é bom só de fora da área e apenas uma nos primeiros 20 minutos. Aos oito, Clébson arriscou de longe e mandou para longe, sem qualquer sombra de perigo. Já o Boa caiu na forte marcação salgueirense e demorou para rondar a área. Mas o quando o fez, perdeu as melhores chances.

Aos 24 minutos, Marco Antônio bateu falta na área e Thiago Carvalho antecipou-se de cabeça a Marcelo. A bola passou com perigo. A essa altura, o Salgueiro já recuara mais do que devia. Com apenas Clébson responsável pela criação, o time sertanejo não conseguia mais segurar a bola no campo ofensivo. E o Boa chegava cada vez mais perto. Aos 28, Jackson lançou Carlos Magno. Ele entrou na área sozinho e tocou na saída de Marcelo, mas a bola saiu raspando a trave esquerda.

O equilíbrio prevaleceu nos primeiros 20 minutos. O Salgueiro não avançou muito com seus laterais e o meio de campo ficou congestionado. Com isso, complicou a situação do Boa, mas em compensação perdeu força para contra-atacar. Tanto que o primeiro chute saiu aos oito minutos de de fora da área, sem qualquer perigo. Clébson foi o autor.

O Boa só conseguiu "empurrar" o time pernambucano para seu campo defensivo a partir dos 25 minutos e perdeu pelo menos duas boas chances de abrir o placar. Na primeira, Thiago Carvalho cabeceou com perigo. Na segunda, Carlos Magno, sozinho, tocou à esquerda de Marcelo.

O Salgueiro veio para o segundo tempo com Elvis no lugar de Juninho Cearense. A intenção era dar mais mobilidade e volume de jogo no setor ofensivo e até que o jogador recém-ingresso na partida mostrou serviço na primeira vez que foi acionado. Ao pegar um rebote da defesa, logo a um minuto, chutou com perigo, raspando a trave esquerda.

O Boa respondeu um minuto depois com Marclei chutando em cima do goleiro Marcelo. O problema do Salgueiro era criar antes de atacar e a entrada de Elvis como atacante não mudou esse panorama. O time pernambucano limitou-se muito mais a marcar do que jogar.

Por um lado foi bom porque o Boa só conseguia finalizar na bola aérea, menos perigosa do que pelo chão. Mas sem aproveitar os contra-ataques. Isso só veio acontecer na reta final. Aos 38, Rogério cruzou rasteiro e Fabrício Ceará enrolou-se na hora de finalizar e chutou em cima das pernas do goleiro.


Ficha do jogo:

Boa Esporte-MG: Luiz Henrique; Jackson, Thiago Carvalho, Marcelinho e Magalhães; Claudinei, Jean Cléber (Maranhão), Carlos Magno e Vinícius Hess; Marco Antônio e Marclei (Paulão). Técnico: Nedo Xavier.

Salgueiro: Marcelo; Rogério Serra, Henrique, Eridon e Josa; Pio, Diego Paulista, Mateus (Edu Chiquita) e Clebson; Fabrício Ceará e Juninho Cearense (Juninho Cearense). Técnico: Neco.

Local: Estádio Dilzon Melo, em Varginha-MG. Árbitro: Célio Amorim (SC). Assistentes: Eberval Lodetti (SC) e Neuza Inês Back (SC). Gols: . Cartões amarelos: Henrique Mateus.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker