Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
23.06 | Duda
Eu acredito!!! Vamos meu Central, vamos sair dessa série D. Lícius tem feito o p ...
23.06 | MARCOS LEITE
CENTRALZÃO EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO E A TORCIDA CHEGANDO DE MONTÃO NO LACERDÃO, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/11/2010
09h08 | esportes - SÉRIE C
(SÉRIE C) - ABC-RN 2x0 Salgueiro - Clube Potiguar está na final e para o Carcará é pensar na série B 2011.
O grande destaque da partida foi o atacante Leandrão, que marcou os dois gols e esteve nos lances das expulsões pernambucanas.

Com dois jogadores a mais desde os 20 minutos do primeiro tempo, o ABC venceu o Salgueiro, por 2 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Frasqueirão, em Natal e se garantiu na final do Campeonato Brasileiro da Série C. O grande destaque da partida foi o atacante Leandrão, que marcou os dois gols e esteve nos lances das expulsões pernambucanas.

Como o primeiro jogo terminou empatado por 1 a 1, quem ganhasse a partida estaria na final, por isso, o alvinegro está garantido. Agora, aguarda seu adversário, que sai do duelo entre Criciúma e Ituiutaba que se enfretam neste domingo, às 10 horas, em Uberlândia.

Nesta segunda-feira, a CBF deve confirmar qual será o mando de campo e as datas da finais.

Começou movimentado!
No primeiro minuto de jogo, o Salgueiro já se complicou. O zagueiro Eridon deu uma cotuvelado no atacante Leandrão e acabou sendo expulso. Na cobrança da falta, na meia lua, Renatinho Potiguar cobrou com categoria, mas a bola saiu tirando tinta da trave.

Com um homem a mais, as coisas ficaram mais tranquilas para o ABC, que chegou ao seu gol aos 17 minutos. Renatinho foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Leandrão, que testou com força, sem chances para o goleiro Marcelo.

Mesmo com um homem a menos, o Salgueiro perdeu uma boa chance aos 20 minutos. O meia Clebson recebeu lançamento e saiu cara a cara com o goleiro Welligton. Mas, na hora do arremate, ele pegou mal na bola, que foi por cima do gol, sem nenhum perigo.

Para piorar as coisas para o Carcará, aos 22 minutos, o time ficou nove homens em campo. Júnior Ferrim deu uma entrada dura em Leandrão, sem pensar duas vezes, o árbitro Alício Pena Júnior expulsou o atacante e deixou o Salgueiro com nove em campo.

Até o final do primeiro tempo, o jogo caiu de ritmo e os dois times se alternavam no campo de ataque. Com vantagem em campo, o ABC tinha mais posse de bola.

Na final!
O ABC voltou para o segundo tempo querendo matar logo o jogo. E, aos cinco minutos, João Paulo foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Leandrão, que chegou batendo para as redes de Marcelo, que nada pode fazer no lance.

Depois do gol, o ABC ficou mais tranquilo da partida, o Salgueiro tentava chegar ao ataque, mas com dois homens a menos, o time não tinha força de ir para o campo de ataque e depois retornar para a defesa, por isso, suas jogadas sempre eram individuais, com Fagner.

Já o ABC perdia grandes chances de gol. Aos 34 minutos, após um chute rasteiro cruzado, o meia Jackson se jogou na bola, ela saiu tirando tinta da trave, por pouco, não balançou as redes de Marcelo.

Ficha técnica

ABC 2 x 0 Salgueiro

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal
Público: 9.043 torcedores
Renda: R$ 136.495,00
Árbitro: Alicio Pena Júnior-MG
Assistentes: Thiago Gomes Brigido-CE e Francisco Rudson Rocha Aquino-CE
Cartões amarelos: Ney Carioca, Sinderval, Marcelo (Salgueiro); João Paulo (ABC)
Cartão vermelho: Eridon e Júnior Ferrim (Salgueiro)

ABC
Wellington; Suéliton, Diego Padilha, Tiago Garça e Renatinho; Everton Cezar (Claudemir), Basílio (Bileu), Ricardo Oliveira e Jackson; João Paulo (Éderson) e Leandrão.
Técnico: Leandro Campos

Salgueiro
Marcelo; Rogério Riws, Eridon, Ney Carioca e Sinderval (Wendel); Rodolfo Potiguar, Pio, Clebson (João Paulo) e Edu Chiquita (Lismar); Fágner e Júnior Ferrim.
Técnico: Cícero Monteiro


.
 
 
 
eXTReMe Tracker