Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | Jose Helio Pessoa
DODEIRO NÃO ATRAPALHA....O CENTRAL SÓ NÃO É MAIOR DO QUE SUA LOUCURA...TIRAR LI ...
25.04 | Patativa
Que time é esse em ? O vexame vai ser pior do q do ano passado jogadores que nun ...
25.04 | Patativa
Quem tem que sair é esse bodeiro que nunca fez nada pelo central e só faz atrapa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/04/2011
21h07 | esportes - PORTO
PORTO: Gavião saiu de campo com a cabeça erguida. Jogadores lamentaram ´apagão` que gerou dois gols no início do jogo
Mesmo com a derrota, jogadores do Gavião estavam otimistas para buscar o resultado no jogo de volta, no Arruda
Apesar da derrota em casa, o Porto saiu de campo de cabeça erguida. O time que sofreu uma espécie de apagão no início do jogo, conseguiu entrar no segundo tempo melhor, tendo boas oportunidades de gol. No vestiário, o discurso era de muito otimismo e confiança para o próximo confronto, no Arruda.

"O que definiu o resultado do jogo foram os dez minutos iniciais de partida. Foi muito pesado para gente ter tomado logo aqueles dois gols no início de partida. Ficou difícil de recuperar. O Santa Cruz é uma equipe experiente e soube administrar o placar", afirmou o técnico do Porto, Laélson Lima.

Contudo, ele ressaltou o bom desempenho do seu time no segundo tempo de jogo. "Mudei o esquema tático, e ficamos mais ofensivos. Em alguns momentos do jogo, chegamos a dominar. A diferença na partida foi apenas de gols", disse ele, acrescentando que ficou satisfeito com a garra que seus atletas tiveram em ir buscar diminuir o marcador.

"Não podíamos ter sido surpreendidos dessa forma. Nesta semana, será feito um trabalho de motivação e conscientização para que não tomemos um 'balde de água fria' no início do jogo. Vamos ver se superamos o Santa, no Recife. Vai ser difícil, mas não é algo impossível. Acredito que vamos conseguir nos classificar para a próxima fase".
 
 

Jogadores lamentaram 'apagão' que gerou dois gols no início do jogo

Se o Porto não tivesse sofrido dois gols no início do primeiro tempo, o resultado do jogo teria sido bem diferente. Pelo menos, é isso que acreditam os jogadores do Gavião do Agreste, que comentaram ter sido fatal terem tomado aqueles dois gols, em menos de cinco minutos de jogo.

Nós fomos surpreendidos. Ninguém esperava que o Santa Cruz fizesse dois gols no início. Nem a gente, nem o Santa, nem a torcida. Mas, o futebol é assim mesmo, cheio de surpresas, falou o zagueiro Marivaldo. 

O meia Thiago Laranjeira acrescentou que não foi o Santa Cruz que foi para cima do Porto, mas, sim, o Porto que deu brecha para o Santa Cruz. Foi uma falta de atenção nossa. Acho que entramos em campo desligados. E isso foi crucial para o resultado da partida, disse.

Se por um lado existe a tristeza pela derrota, por outro, os jogadores ficaram satisfeitos com seu poder de "mudança" e determinação. Depois de um breve "apagão", eles voltaram para o jogo e acreditam na superação. Não tem nada perdido. Do mesmo jeito que eles ganharam aqui, podemos ganhar lá. A derrota é passado. É hora de levantar a cabeça e começarmos a nos preparar para o próximo jogo, afirmou Laranjeira.

Para o atacante Paulista, a equipe do Porto jogou bem e soube se impor em alguns momentos no jogo. Confiante, ele acredita que a equipe do Agreste vai reverter o resultado que obteve em casa. gente tem força para superar esse resultado. Agora, é hora de se preparar para a próxima batalha. Nosso objetivo é a classificação. Irei dar o meu melhor para conseguirmos isso.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker