Página inicial
 
Mural de recados
22.02 | Centralino
Só me pergunto porque trouxeram esse raniere e o tal de Rafael 1 meia e 1 volant ...
22.02 | Carlos
O central joga com menos um com esse Luizão eita jogador ruim da porra. ...
22.02 | ailton
este luizão não presta e ruim de maisss ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/01/2018
01h58 | esportes - PE 2018
PE 2018 --- Sport 2x0 Pesqueira
Contra adversário de menor orçamento do Estadual, Leão produziu pouco no ataque, errou na defesa e ainda esteve longe de confirmar favoritismo
A vitória até veio. Mas o Sport poderia ter feito muito mais nesta segunda-feira, na Ilha do Retiro, diante de um limitado Pesqueira, cuja folha salarial é a menor do Estadual. Com seis mudanças na escalação, o Rubro-negro ganhou por 2 a 0 (ambos os gols marcados por André) e se alçou à vice-liderança - perdendo só no número de gols marcados para o Náutico. O resultado da noite não foi capaz ainda de esconder a baixa produtividade do Leão, que segue sem fazer jus ao seu alto orçamento.  
 
O Sport não demorou para fazer o seu primeiro gol. Já aos sete minutos, Marlone e André, que atuam juntos pela quarta vez na carreira, apostaram no entrosamento. Fizeram tabela que desconcertou a defesa interiorana antes de a bola chegar em Neto Moura. Uma das novidades e agora como meia, o prata da casa serviu o mesmo André na grande área. De primeira, o camisa 90, que voltou após lesão no joelho, fez 1 a 0. 

A boa trama deu a impressão que o time de Nelsinho Batista iria “atropelar” o adversário. Engano de quem pensou assim. Após abrir o placar, o Sport diminuiu o ritmo. Mas no restante da etapa inicial, só teve mais outra oportunidade clara. Em mais um lance que passou pelo pés de Neto Moura, o goleiro Juca defendeu chute de André, mas Gabriel desperdiçou o rebote com a barra aberta.

Frente a um Leão que se arrastava no gramado, o Pesqueira chegou até a ganhar campo. Limitado, porém, esbarrava em suas limitações e custava para fazer algo de produtivo. Se na frente o Sport não tinha muita intensidade, atrás as falhas não eram raras. A defesa não diminuía os espaços. Individualmente, as peças da retaguarda não rendiam. 
 
Thallyson, por exemplo, errou passe, Raul Prata não dominou a bola e Grafite - homônimo do ex-atacante do Santa Cruz - por pouco não empata na sequência. Acertou a trave de Magrão. O desempenho leonino destoava muito de sua superioridade técnica e financeira em relação ao Pesqueira.
 
 O segundo tempo iniciou na mesma toada do primeiro. Mas o Sport tinha pela frente um rival de nível rasteiro. Aos 11, o zagueiro Fabrício errou passe na entrada da área e novamente André acertou chute venenoso: 2 a 0. Em seguida, o Leão esteve longe de crescer no confronto. Levou um gol, inclusive, mas a arbitragem assinalou impedimento. Muitos dos 3.724 torcedores que foram à Ilha deixaram o estádio ainda à espera de muito mais.

Ficha do jogo 

Sport 2
Magrão; Raul Prata, Henriquez, Durval e Capa; Anselmo, Thallyson e Marlone (Thomás); Neto Moura (Juninho); Gabriel (Lenis) e André. Técnico: Nelsinho Batista.

Pesqueira 0
Juca; Romário, Fabrício, Fabinho e Rogério; Valber, Jhonata, Miller (Guedes), Grafite e Daniel Tavares (Dadinha); Fábio Faquinha (Jonatas Lima). Técnico: Lima. 

Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE). Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE). Assistentes: Gilberto Freire de Farias (PE) e Charles Rosas Pires (PE). Cartões amarelos: Capa e Thallyson (Sport). Gols: André (7’ e do 1T e 11’ do 2T, Sport). Público: 3.724. Renda: R$ 60.200,00 
 
DO SUPER ESPORTES PE 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker