Página inicial
 
Mural de recados
24.11 | Kaio
Tbm tem q trazer o Naldinho e Caça Rato e trazer um zagueiro experiente ...
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/04/2017
04h41 | esportes - PE 2017
PE 2017 - Santa Cruz 1x2 Náutico - Alvirrubro pega o Sport e Tricolor encara o Salgueiro
Foram 30 jogos mornos no hexagonal do Pernambucano. Público pequeno, times mistos ou totalmente reservas em ação e tabela desmantelada.  A esperança é que só a partir de agora realmente comece o Estadual. As semifinais da competição foram definidas nesta segunda-feira: o Náutico encara o Sport e o Santa Cruz vai ter o Salgueiro pela frente. Os confrontos foram decididos após o 2 a 1 do Alvirrubro sobre o Tricolor, que colocou os vencedores na segunda colocação do hexagonal e empurrou os perdedores para a quarta posição. Em mais uma partida de pouca presença da torcida na competição, o atrativo principal se limitou às projeções para duelos do fim de semana.

Passado o hexagonal, embora tenha se livrado de um clássico contra o rival Sport nas sêmis, o Santa Cruz terá de encarar uma viagem de 512 quilômetros para o Salgueiro. Um trajeto com duração de quase catorze horas, ida e volta. Desgaste às vésperas da primeira semifinal da Copa do Nordeste, diante do próprio Leão, marcada para quarta-feira da semana que vem, na Ilha do Retiro. Desfalcado no jogo desta noite de cinco titulares (suspensos após orientação velada de zerarem os cartões amarelos para a próxima fase), o Tricolor vai ter agora Julio Cesar, Anderson Salles, Tiago Costa, David e Thomás para encarar o Carcará no primeiro mata-mata do Pernambucano.  

O Náutico entrou em campo com uma equipe mais inteira que o Santa Cruz, mas também oxigenada com mudanças. Foram três reservas (Suelinton, Cal Rodrigues e Giva) e cinco alterações promovidas em relação à partida passada. Ainda que com escalações modificadas, ambos os treinadores asseguraram que visavam à vitória no clássico antes do jogo. Na prática, no entanto, os dois times pareciam se furtar de atacar. Apesar de ter a bola nos pés por mais tempo que o adversário, o Tricolor insistia em errar o último passe.

Mais organizado taticamente, o Alvirrubro balançou as redes na primeira jogada que tramou. Aos 18 minutos, em lance que começou com Dudu e passou por Manoel, Erick fez 1 a 0. Buscando jogo, William Barbio tentou conduzir o Santa para uma reação, chegando a colocar uma bola trave de Tiago Cardoso no primeiro tempo. O Náutico não deixava de atacar. Sempre com perigo. Roberto também quase empata para os mandantes. Cardoso salvou.

Pênalti e vitória alvirrubra

Barbio já mostrava desde o primeiro tempo que queria jogo. Com só seis minutos do segundo, serviu Everton Santos e o Santa empatou, de cabeça. Mesmo depois do gol coral, a toada do jogo foi parecida à da etapa inicial: tricolores errando no primeiro passe, alvirrubros com pouca propensão ofensiva, porém mais eficientes quando chegavam à meta adversária. Aos 30, Wellington Cézar cometeu pênalti em cima de Erick. Dudu cobrou, Jaccson defendeu e no rebote o meia colocou os visitantes na frente. Gol chorado.  

Santa Cruz
Jacsson; Vítor, Jaime, Bruno Silva e Roberto; Wellington Cézar, Gino, Pereira (Léo Costa, aos 22’ do 2ºT), William Barbio (André Luís, aos 19’ do 2ºT) e Everton Santos; Halef Pitbull (Facundo Parra, aos 33’ do 2ºT). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Náutico
Tiago Cardoso; Sueliton, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Manoel; Rodrigo Souza, Giovanni (Maylson, aos 16’ do 2ºT), Cal Rodrigues e Dudu; Erick (João Ananias, as 33’ do 2ºT) e Giva (Anselmo, aos 22’ do 2ºT). Técnico: Milton Cruz.
 
Estádio: Arruda (Recife-PE). Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE). Assistentes: Marlon Rafael Gomes de Oliveira (PE) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE). Gols: Erick (18’ do 1T) e Dudu (30’ do 2ºT) (N); William Barbio (6’ do 2T) (S). Cartões amarelos: Manoel, Cal Rodrigues, Dudu e Tiago Alves (Náutico); Gino (Santa Cruz). Público: 5.055.
 
DO SUPER ESPORTES PE

.
 
 
 
eXTReMe Tracker