Página inicial
 
Mural de recados
27.04 | Givaldo
Esse tal de Patativa devia mudar o nome para Urubu, esse desgraçado só faz corta ...
27.04 | Patativa
Meu Deus isso foi mostrado e um gramado ou um chiqueiro ...
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/03/2017
09h22 | esportes - PE 2017
PE 2017 - Belo Jardim 0x1 Sport - Vitória dos reservas do Leão, no Arruda, deixa os rubro-negros muito próximos matematicamente das semifinais
Em um mais um jogo esvaziado do Pernambucano (com apenas 437 testemunhas nas arquibancadas), o Sport, utilizando sua equipe reserva, venceu sem maiores dificuldades o Belo Jardim por 1 a 0, neste domingo, no Arruda (mando dos interioranos) e praticamente assegurou matematicamente a sua classificação para as semifinais. Com o resultado, os rubro-negros assumem a 3ª colocação, com 12 pontos e abrem oito pontos para o próprio Belo Jardim, 5ª colocado, com apenas mais nove em disputa.

Situação tranquila que permitiu ao técnico Daniel Paulista dar chance a vários atletas oriundos das categorias de base. Ao todo, 15 jogadores formados no clube foram relacionados para o confronto. O time terminou a partida com seis pratas da casa em campo. 

Na próxima quarta-feira, já com os titulares de volta (mas sem Diego Souza, na seleção brasileira), o Leão volta suas atenções para a última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. Enfrenta o Sampaio Corrêa, fora de casa, para confirmar o primeiro lugar do Grupo C e tentar a melhor campanha geral da 1ª fase.

O jogo

O desentrosamento e a falta de ritmo de jogo do time reserva do Sport pesou nos minutos iniciais. A partida contra o Belo Jardim foi apenas a quarta na temporada em que o técnico Daniel Paulista utilizou a formação alternativa, que, neste domingo, contou ainda com os “reforços” do lateral-esquerdo Mena e o do meia-atacante Everton Felipe.

Assim, os rubro-negros iniciaram o jogo errando passes em demasia e com a defesa, muitas vezes, mal posicionada. O Belo Jardim começou mais perigoso, com três boas chances de abrir o placar nos 10 minutos iniciais, com Deivinho, Xisto e Rogerinho. Não fosse a falta de qualidade técnica dos interioranos, o Sport poderia ter saído atrás do marcador.

Aos poucos, porém, os rubro-negros melhoraram a marcação, o que ajudou a igualar as ações. O que não significou, no entanto, que a partida melhorou tecnicamente. Ao menos, o Belo Jardim parou de chegar à meta de Agenor. Pelo lado do Sport, as duas melhores chances de abrir o placar vieram com Paulo Henrique em lances completamente opostos. 

A primeira, mostrando recurso ao tentar surpreender de calcanhar, para boa defesa de Andrei. A segunda, já aos 41, mostrando falta de categoria ao isolar, de frente para a meta, na entrada da pequena área, após cruzamento de Everton Felipe.

 

Segundo tempo

Para a etapa final, o técnico Daniel Paulista optou por não fazer modificações na equipe. A orientação, no entanto, foi para usar mais as laterais de campo. Principalmente o lado esquerdo, com Mena e Everton Felipe. Com isso, o Sport melhorou.

Logo aos dois minutos, por esse setor, os rubro-negros desperdiçaram a chance mais clara da partida até então. Fábio deixou Alison, livre e de frente para a meta. Mas o garoto foi vencido pela falta de experiência, tocando para fora. 

Dominando as ações, o Leão abriu o placar aos 12 minutos, com o insistente Paulo Henrique. Após cruzamento de Everton Felipe, o atacante cabeceou, Andrei defendeu e, no rebote, o próprio centroavante mandou, finalmente, para as redes. Foi a sua oitava finalização na partida.

Com o jogo dominado, os garotos rubro-negros terminaram a partida em ritmo de treino, desperdiçando ainda uma ou outra chance. Não faria falta.

Ficha do jogo

Belo Jardim 0

Andrei, Romário, João Marcus, Fabrício (Fabinho) e Xisto; Júnior (Tony), Boca, Bruno Sacomani e Deivinho (Raniel); Jarbas e Rogerinho. Técnico: Luciano Velozo.

Sport 1

Agenor; Raul Prata, Henriquez, Matheus Ferraz e Mena; Thallyson, Fabrício e Fábio (Wallace); Everton Felipe, Paulo Henrique (James Dean) e Alison (Juninho). Técnico: Daniel Paulista

Local: Arruda. Árbitro: Emerson Sobral. Assistentes: Bruno Vieira e Clóvis Amaral. Gols: Paulo Henrique (12 min do 2º tempo). Cartões amarelos: Raul Prata, Thallyson (S), Xisto (BJ). Publico: 437. Renda: R$: 4.485.
 
DO SUPER ESPORTES PE

.
 
 
 
eXTReMe Tracker