Página inicial
 
Mural de recados
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
22.09 | MARCOS LEITE
TAVA VENDO SITE D RECIFE, O SANTA TÁ VENDENDO BOLO D ROLO PRA AJUDAR NO CT NINHO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/04/2015
09h37 | esportes - PE 2015
PE 2015 - Hexagonal do Título -> Com gol no final, Santa Cruz arranca empate com o Sport em clássico na Ilha do Retiro
CLIQUE E CONFIRA.
ilha do retiro sport x figueirense (Foto: Elton de Castro)

Sport e Fortaleza se enfrentam na Ilha do Retiro (Foto: Elton de Castro)

O Santa Cruz conseguiu um empate heroico com o Sport. Mesmo com um jogador a menos durante quase todo o segundo tempo, a equipe coral encontrou forças e, na raça, encontrou o empate com o Leão no último minuto de jogo. Aos 48 minutos do segundo tempo, João Paulo aproveitou o vacilo da defesa rubro-negra. O Resultado fez explodir a torcida tricolor, que comemorou o resultado como se fora uma vitória. O Leão, porém, terminou o hexagonal do título como líder disparado, com 25 pontos. Mesmo com o ponto arrancado, o Santa Cruz não conseguiu tomar a vice-liderança do Central. O gol do Sport foi marcado por Samuel, de pênalti.

O Sport irá encarar o Salgueiro nas semifinais. Carcará, que bateu o Náutico no Sertão e ficou com a última vaga em aberto. O primeiro jogo será no estádio Cornélio de Barros e o da volta, na Ilha do Retiro. Já o Tricolor enfrentará a Patativa nas sêmis e jogará primeiro em Caruaru e o da volta, no Arruda. As partidas estão marcadas para os dias 19 e 26 de abril.

O jogo

Foi um primeiro tempo equilibrado. O Sport, mesmo com um time misto, tinha na sua qualidade técnica o respaldo para tomar a iniciativa do jogo. O Santa Cruz, por sua vez, parecia esperar um erro do adversário. Vacilo este que não veio. Carregados por um Régis inspirado e distribuindo bem as jogadas, o Leão teve as melhores chances da primeira etapa. O próprio meia só não tirou o placar da etapa do 0 a 0 graças a Tiago Costa que salvou a bola em cima da linha aos 39 minutos.

Retraído, porém sem abdicar do jogo, o Tricolor marcava com eficiência. Não escapou de alguns vacilos pontuais, todavia. Aos 19, Durval lançou Mike, a defesa parou e o atacante saiu de cara com Fred. A bola triscou a trave e saiu. Até os 40 minutos, o Santa Cruz foi praticamente inofensivo. As duas únicas chances saíram do talento individual do melhor jogador coral em campo: Raniel. Na primeira, deixou Durval no chão, mas chutou em cima de Magrão. Aos 43, deixou Danilo para trás e bateu cruzado, com perigo.

Segundo tempo

O Sport voltou com tudo para o segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Bruninho foi tentar driblar Régis e perdeu a boa. O meia lançou Samuel, que disparou em direção ao gol e foi derrubado por Danny Morais. Pênalti e expulsão do zagueiro coral, que era o último homem. Samuel foi para a cobrança e marcou para o Leão. Embalado e com um a mais em campo, o Sport por pouco não amplia na jogada seguinte com Régis.

O Tricolor só veio acordar e se recompor após os 15 minutos. Aos 17, após escanteio, Oswaldo testou errado e quase faz contra não fosse boa defesa de Magrão. Em vantagem númerica o Leão optou por fazer um restante de partida sem riscos. Tocando a bola e atacando sem resguardar a defesa. O Tricolor, por sua vez, foi guerreiro. Não pode se dizer que não lutou. Aos 43, João Paulo acertou a trave na melhor chance do empate. E quando parecia que a vitória dfo Leão estava sacramentada, Nininho bateu lateral na área, a defesa rubro-negra vacilou e João Paulo mandou para as redes de cabeça: 1 a 1.

Ficha do jogo

Sport 1

Magrão; Oswaldo, Henrique Mattos (Adryelson), Durval e Danilo; Ronaldo, Rodrigo Mancha, Neto Moura e Régis; Mike (Elber) e Samuel (Felipe Azevedo).

Técnico: Eduardo Baptista

Santa Cruz 1

Fred; Nininho, Alemão, Danny Morais e Tiago Costa; Edson Sitta (Wellington César), Bruninho (Diego Sacoman), João Paulo e Raniel; Anderson Aquino (Emerson santos) e Betinho.

Técnico: Ricardinho.

Local: Ilha do Retiro, no Recife.

Árbitro: Luiz Cláudio Sobral  (PE).

Assistentes: Fernanda Colombo (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE).

Gols: Samuel (aos 2’ do 2ºT) (SPT); João Paulo (aos 48’ do 2ºT) (SCZ)

Carrtão vermelho: Dani Morais (SCZ) (1’ do 2ºT).

 

Cartões amarelos: Danilo, Samuel, Neto Moura, Ronaldo, Régis, Oswaldo (SPT); Alemão, Tiago Costa (SCZ).

Do Super Esportes 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker