Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/03/2015
18h31 | esportes - PE 2015
PE 2015 - Timbu arma retranca, vence Serra por 2 a 0 e troca lanterna por G4 do Pernambucano
Foi com uma postura bastante conservadora que o Náutico encontrou seu caminho para a importante vitória sobre o Serra Talhada. Com o 2 a 0 no Nildo Pereira, o Timbu trocou a incômoda lanterna do hexagonal do título do Pernambucano pelo 4º lugar na classificação. De quebra, a equipe da Rosa e Silva chegou à sua primeira sequência de vitórias na temporada (vencera o Moto Club na quinta, pelo Nordestão), alimentando a esperança da torcida de que a necessária reação da equipe pode estar em curso.

Lisca retornou ao Náutico com a incumbência de comandar a reação alvirrubra após um péssimo início de temporada. Diante do caráter emergencial da situação que encontrou no clube, o técnico traçou uma estratégia controversa. Apesar da justificada pressão da torcida, ele passou a armar o time num inesperado 5-3-2, sob a justificativa de começar a definir o padrão de jogo a partir da correção das deficiências do sistema defensivo. 

Tanto que após o triunfo sobre o Moto, o técnico Lisca prometera uma postura ainda mais conservadora na jornada ao Sertão. Cumpriu. A ideia era segurar as investidas do Cangaceiro e tentar matar o jogo no contra-ataque. Para alívio do treinador, logo aos 3 minutos, o atacante Josimar fez sua parte, abrindo o placar para o Timbu e chegando ao seu sexto gol na temporada.

Mas não bastava. Era preciso mudar o desfecho que se viu em outros compromissos, quando o Náutico deixou a vitória escapar por não conseguir segurar o resultado. Veio a pressão, mas dessa vez, os alvirrubros suportaram a pressão. E quando Bruno Alves acertou um belo chute para ampliar a vantagem, a situação ficou bem mais tranquila e o Timbu administrou o resultado até o apito final.

Com isso, o Náutico vai para o jogo com o Sport - próximo domingo, na Arena - bem mais tranquilo. Mas antes do Clássico das Emoções pelo Estadual, o Timbu encara o Salgueiro, no Cornélio de Barros, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. Nesta partida, os alvirrubros precisam somente do empate para garantir uma vaga nas quartas de final da competição regional.

Ficha
Serra Talhada 0
Gleibson; Marcos Vinícius (Johny, aos 17’ do 2ºT), Alisson, Anderson e Rafinha; Ramon (Jessuí, no intervalo), Luciano Totó, Diogo e Paulinho Mossoró; Bebeto (Lucas, aos 23’ do 2ºT) e Júnior Juazeiro. Técnico: Alexandre Lima (interino).

Náutico 2
Júlio César; Guilherme (Renato, aos 17’ do 2ºT), Elivelton, Welton Felipe, Flávio e Gaston; João Ananias, Fillipe Soutto e Gustavo Henrique (Anderson Preto, aos 18’ do 2ºT); Bruno Alves e Josimar (David, aos 36’ do 2ºT).Técnico: Lisca.

Local: Estádio Nildo Pereira, em Serra Talhada.
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE).
Assistentes: Elan Vieira (PE) e Ricardo Chianca (PE).
Gol: Josimar (aos 3’ do 1ºT), Bruno Alves (aos 19’ do 2ºT)
Cartões amarelos: Josimar, Fillipe Soutto, Gustavo Henrique, Anderson Preto, Júlio César (NAU).
Público: 4.735.
Renda: R$ 38 mil.
 
Fonte: Super Esportes.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker