Página inicial
 
Mural de recados
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
13.08 | Gustavo
O central nao precisa do comercio pra construir uma sede social o terreno ao lad ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/01/2015
22h56 | esportes - Futebol PE
Pernambuco pode entrar na rota de torneios internacionais e receber Boca e River
A ideia de Pernambuco receber um torneio internacional envolvendo dois clubes argentinos e dois clubes pernambucanos já tem período pré-definido: entre 13 e 17 de janeiro de 2016. A ação do governo, a partir de agora, busca fazer com que o estado tenha custo zero para realizar o evento, unindo investimentos privados de patrocínio e marketing e publicidade. O período também é positivo para a Federação Pernambucana de Futebol e para a Arena Pernambuco, essa última que será o palco para o quadrangular. Em visita à diretoria do Boca Juniors, em Buenos Aires, nesta segunda-feira (26), o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, destacou que o clube afirmou estar disponível nos dias previstos, mas apresentou condições para participar. Mais quatro clubes estão na agenda do secretário e do presidente da Empetur, Luis Eduardo Antunes, que são River Plate, Rosário, Racing e San Lorenzo.

“Os clubes argentinos cobram, por jogo, um cachê para participar de torneios esportivos no formato que estamos apresentando e planejando. Vamos avaliar os valores, ver o custo-benefício e contratar os clubes para irem jogar na Arena Pernambuco. Até porque o clube pode jogar um jogo apenas, o custa um valor. Se for para a final, é outro valor. E vamos fechar o contrato para que seja”, explicou. Os valores cobrados pelos clubes não foram revelados. O campeonato será em semifinais, sendo cada time argentino enfrentando um clube pernambucano. O critério dos clubes argentinos é a negociação. De Pernambuco, participarão os melhores posicionados no campeonato pernambucano.

As visitas aos clubes argentinos estão na programação da comitiva pernambucana que embarcou no primeiro voo Recife-Buenos Aires sem escalas, no último sábado (24). A ideia é mobilizar o trade turístico e incluir esportes para que os dois destinos sejam movimentados e façam o voo ser sustentável. ”A torcida argentina é apaixonada por futebol e vai atrás do time. Seria um fluxo enorme de pessoas que iriam ao estado para acompanhar os clubes e ainda conhecer ou voltar ao destino Recife. E todos ganham com isso”, pontuou Carreras.

De acordo com o presidente da Empetur, Luis Eduardo Antunes, que também participou da reunião com os clubes, os negócios dos times argentinos são bastante lucrativos nesse sentido. ”Foi criado um “produto” que é vender um jogo entre os dois maiores clubes da Argentina: Boca Juniors e River Plate. É comercializado como o maior clássico de futebol do mundo. E isso pode rebater nas negociações dos clubes para o contrato para o torneio da Arena Pernambuco, já que existe a possibilidade de uma final entre clubes argentinos”, pontuou.

Cerca de 1,5 milhão de argentinos chegam ao Brasil anualmente e Pernambuco absorve 70 mil desse grupo. A ideia é crescer mais 21 mil pessoas por ano no estado, um crescimento de 30% dado ao novo voo direto conectando as cidades. O voo Recife Buenos Aires é realizado nas tardes dos sábados  com volta nas madrugadas dos domingos. A média de preço do trecho ida e volta, que permite a estada de uma semana em Buenos Aires, é de cerca de R$ 950, sem taxas aeroportuárias.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker