Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Alex
É o fim da picada a contratação de Candinho, juntando todos os atacantes não dá ...
26.05 | marcelo
Concordo plenamente com voce paulo esses reporteres das radios de caruaru sao do ...
26.05 | Davi
Infelizmente o editor desse blog não publicou meu comentário, so sei de uma cois ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/11/2014
09h42 | esportes - Futebol PE
FUTEBOL PE > Após três meses do 1º clássico, Náutico e Santa Cruz passaram por profundas transformações
CLIQUE E CONFIRA.
No próximo sábado, na Arena Pernambuco, Náutico e Santa Cruz voltarão a se enfrentar pela Série B do Campeonato Brasileiro, três meses após o duelo do primeiro turno. E desde a partida disputada no Arruda no dia 9 de agosto e vencida pelos tricolores por 3 a 0, muita coisa mudou nos dois clubes. Desde as escalações até a situação na classificação, com uma melhora na situação dos dois rivais. Mudanças que começaram no banco de reservas. Após o primeiro clássico, os técnicos Dado Cavalcanti e Oliveira Canindé assumiram e comandaram as reações dos dois times.Tanto o comandante alvirrubro, quanto o tricolor possuem aproveitamento superiores aos dos seus antecessores.

A mais significativa é a do lado coral, o que explica o Santa estar a apenas um ponto do G4, mesmo tendo perdido o jogo do último sábado, contra o América-RN. Com Oliveira Canindé no a frente da equipe, os tricolores somaram 66,6% dos pontos disputados, contra apenas 46% da era Sérgio Guedes. Já no Timbu, os números de Dado seguem melhores que os de Sidney Moraes, mesmo com o time sem vencer há quatro rodadas. São 50% dos pontos somados, contra 43,3% do antecessor.

Mudanças de comando que resultaram como frutos também alterações na formação das equipes. Nesse ponto, as maiores alterações são do lado alvirrubro. Isso porque, em uma possível escalação para o clássico de domingo, apenas três jogadores estiveram presentes na partida de ida, no Arruda: os laterais Neílson e Rai e o atacante Marinho, provável substituto de Bruno Furlan, suspenso. Por outro lado, outros jogadores que estiveram em campo na derrota por 3 a 0 sequer estão sendo relacionados por Dado. Caso do volante Gilmak. Outros dois já deixaram o clube: o lateral Roberto e o atacante Tadeu.

No Santa, as mudanças de jogadores foram mais “sutis”. Mesmo assim, também foram significativas. Entre as principais, está a entrada do meia Danilo Pires, que ganhou espaço com Oliveira Canindé. Outra alteração significativa está no miolo de zaga, com Renan Fonseca e Alemão como titulares. No primeiro clássico, a zaga coral foi formada por Everton Sena e Marllon.

 

As escalações do 1º clássico

Santa Cruz 3x0 Náutico

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Tony (Nininho), Everton Sena, Marllon e Renatinho; Sandro Manoel, Everton, Natan (Wescley) e Carlos Alberto; Léo Gamalho e Keno (Pingo). Técnico: Sérgio Guedes.

Náutico
Alessandro; Neílson, Mário Risso, Renato Chaves e Raí; Gilmak, Elicarlos, Roberto (Vítor Michels) e Marcos Vinícius (Vinícius); Marinho e Tadeu.Técnico: Sidney Moraes

As mudanças

Quem ficou

Santa Cruz
Tiago Cardoso, Tony, Sandro Manoel, Keno e Léo Gamalho

Náutico
Neílson, Raí e Marinho*

Quem saiu

Santa Cruz
Everton Sena, Marllon, Renatinho, Éverton, Natan, Carlos Alberto e Sérgio Guedes.

Náutico
Alessandro, Mário Risso, Renato Chaves, Gilmak, Elicarlos, Roberto, Marcos Vinícius, Tadeu e Sidney Moraes.

Quem entrou

Santa Cruz
Alemão, Renan Fonseca, Tiago Costa, Bileu, Danilo Pires, Wescley e Oliveira Canindé

Náutico
Júlio César, Luiz Alberto, Willian Alves, João Ananias, Paulinho, Helder Ribeiro, Vinícius, Sassá e Dado Cavalcante

*Com Bruno Furlan, suspenso, Marinho deve ser titular no clássico.
 
Do Super Esportes 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker