Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
24.07 | Franco
Carlos e Paulo Alvinegro, vcs pelo menos são sócios, ou apenas críticam e defend ...
24.07 | Paulo alvinegro
Parabéns Carlos pelo seu comentário. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/09/2014
08h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> História recente mostra que Náutico e Santa Cruz podem conseguir acesso com returno regular
Clique e Confira.
Vinte e cinco pontos. Era essa a pontuação do América-RN na 19ª rodada da Série B de 2006. Amargava a 12ª colocação. Era difícil imaginar um acesso do time potiguar. Mas ao final das 38 rodadas, a equipe liderada pelo experiente meia Souza comemorou a volta à Série A. Exemplos que ensinam, com clareza, uma lição a Náutico e Santa Cruz: um desempenho mais regular no returno pode reparar os pontos desperdiçados nas primeiras rodadas e garantir um acesso que hoje, para ambos, é tido como improvável.

O caso do América não é isolado na história da Segundona. No ano seguinte, o Ipatinga também virou o turno com apenas 28 pontos, e terminou o campeonato promovido como vice-líder.

Se por um lado o passado dá esperanças aos dois pernambucanos, por outro, também inspira preocupação. Ambos chegam à metade da atual edição da série B em situações muito parecidas. O Timbu alcançou a marca de 27 pontos. O Santa, por sua vez, tem a mesma pontuação, mas tem uma partida a menos (contra o Bragantino). Um desempenho que, além de irregular, está aquém do que foi demonstrado pelos clubes que conseguiram subir graças ao ‘sprint’ final no returno. Em outras palavras: o desafio é árduo.

Para continuar sonhando com o acesso, portanto, Santa Cruz e Náutico precisam exibir mais regularidade. Desde que é disputada no atual formato, a Série B tem mostrado que é possível subir, em média, com 62 pontos - ressalva feita à edição de 2012, em que o São Caetano ficou de fora mesmo tendo feito 71 pontos. O que deixa os pernambucanos a uma distância de 35 pontos do acesso. Assim, um aproveitamento de pouco mais de 60% de pontos restantes deve ser suficiente para alçar tricolores e alvirrubros de novo à elite.
 
Do Super Esportes 

 

 

Diario de Pernambuco

...
 
 
 
eXTReMe Tracker