Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/04/2014
07h55 | esportes - PE 2014 - FINAL
PE 2014 - FINAL -> Náutico x Sport - 22h - Arena Pernambuco - São Lourenço da Mata/PE - Hoje sai o campeão deste bagunçado estadual!
Clique e Confira.
Chegou a hora da grande decisão. Náutico e Sport vão pisar no gramado da Arena Pernambuco, partir das 22 horas, na luta pelo título de campeão do Pernambucano Coca-Cola 2014. E existem vários motivos para que as duas equipes lutem a cada segundo de jogo, fazendo com que o confronto ganhe tons de dramaticidade e transborde em emoção. A começar pelo fato de saber quem será o campeão da 100ª edição do Estadual. E quem será o primeiro campeão na Arena, palco de cinco jogos da Copa do Mundo 2014? De um lado, o Timbu querendo acabar com o jejum de nove anos sem comemorar um título estadual. Para isso, o time alvirrubro precisa vencer para forçar as cobranças de pênaltis. Do outro, o Leão que vem amargando três vice-campeonatos e querendo levantar a taça pela 40º vez. O time precisa de um empate para comemorar, mas todos só pensam na vitória. Enfim, são elementos de sobra para que o torcedor receber uma descarga de emoção durante a partida. Haja coração!

Dono da casa e precisando da vitória, o Náutico terá que propor o jogo diante do Leão. Por isso, o técnico Lisca planeja um time um pouco mais ofensivo para esta quarta. Não vai mudar nada de maneira radical, mas deu a entender que vai acionar peças mais ofensivas. O esquema é o habitual 4-5-1. Só que desta vez serão apenas dois volantes e três armadores no time titular. Marcelinho deve ser o homem do ataque. Eis o provável time alvirrubro: Alessandro; Jackson, Flávio, Leonardo e Rai; Dê, Elicarlos, Zé Mário, Marcos Vinícius e Leleu; Marcelinho. O time não foi confirmado pelo treinador.

Independente do time que entrar em campo, Lisca deseja que sua equipe apresente a mesma entrega que a levou até a decisão do Estadual. Esse aspecto, por sinal, pode ser apontado como fundamental para o rendimento do Náutico, que nunca deixou de ser uma equipe lutadora. “Esses quatro meses foram de entrega total. Isso nos dá confiança para entrar na história do Náutico”.

Se o Náutico conquistar o título, sairá da fila de dez anos sem conquistas. Além disso, quebrará uma sequência negativa de oito finais sem bater o Sport. E se depender do histórico de Lisca, isso é bem possível. Lembrando que o treinador já quebrou o tabu de dez anos sem vencer na Ilha do Retiro.

Pelo lado do Sport, o clima é de muita confiança. O time chega à grande decisão bem diferente de como iniciou a temporada. Se nos primeiros jogos, o Rubro-negro era uma equipe sem alma, agora, o Leão mostra um futebol mais organizado e consciente em campo. Desde que o preparador físico Eduardo Baptista assumiu o comando técnico, o Sport  evoluiu, conquistou o título da Copa do Nordeste (que para muitos parecia impossível). Na primeira partida decisiva, o time rubro-negro venceu o Náutico por 2×0, na Ilha do Retiro, e abriu uma vantagem importante. Um empate é o suficiente para o Leão sagrar-se campeão. Mas no time, ninguém quer saber dessa vantagem.


O técnico Eduardo Baptista está pregando respeito ao Náutico e alertando os seus jogadores a manter o ritmo das últimas partidas para vencer o advesário no tempo normal. O grupo parece ter assimilado bem. “A gente tem a vantagem, mas não podemos jogar pensando nela. O Náutico pode vencer o jogo por um placar mínimo e levar a partida para os pênaltis. Então, é preciso ter atenção máxima”, disse o volante Éverton Páscoa.

O time considerado titular atuou no último domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro, na estreia do Brasileirão. O único que não atuou foi o meia Aílton, que está confirmado no clássico desta quarta-feira. O jogador volta no lugar de Renan Oliveira, que fica como opção no banco de reservas. É possível que Ananias seja acionado no início da partida, no lugar de Wendell. Mas Eduardo não confirmou a escalação rubro-negra. A esperança de gol continua sendo o artilheiro Neto Baiano, que fez dois gols nos últimos dois jogos do time.

FICHA DO JOGO – NÁUTICO X SPORT

Náutico – Alessandro; Jackson, Flávio, Leonardo e Rai; Dê, Elicarlos, Zé Mário, Marcos Vinícius e Leleu (Paulo Jr.); Marcelinho. Técnico: Lisca.

Sport – Magrão, Patric, Durval, Ferron e Renê; Ewerton Páscoa, Rodrigo Mancha, Aílton e Wendel (Ananias); Neto Baiano e Felipe Azevedo.

Pernambucano (final). Local: Arena Pernambuco. Horário: quarta-feira, às 22h. Árbitro: Leandro Vuaden. Assistentes: Charles Rosa e Clóvis Amaral.
 
Matéria do Blog do Torcedor 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker