Página inicial
 
Mural de recados
18.09 | MARCONDES
O PORTO MOSTROU Q TRABALHO E ORGANIZAÇÃO DÃO BONS FRUTOS, ESPERO Q O CENTRAL SE ...
18.09 | MARCOS LEITE
PARABENS O PORTO FEZ BARBA E CABELO COMO SE DIZ NA GIRIA DO FUTEBOL, GANHOU SÁBA ...
18.09 | VICTOR HUGO
VOA ALTO GAVIÃO, NO SUB-20 PORTO 5X0 BELO JARDIM E NA SÉRIE A2 SETE 0X2 PORTO, V ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/04/2014
22h35 | esportes - PE 2014
PE 2014: Santa Cruz e Salgueiro empatam no primeiro duelo pelo 3º lugar do estadual - 1x1
Clique e Confira.
Uma partida que ficou no segundo plano na noite da decisão do Campeonato Pernambucano, entre Sport e Náutico. Mas a vaga em jogo para a edição 2015 da Copa do Nordeste acabou dando um mínimo de molho para Salgueiro x Santa Cruz. Nesta quinta, no Cornélio de Barros, os corais empataram com o Carcará no primeiro confronto válido pela disputa do terceiro lugar do estadual: 1  a 1. Na terça-feira, o Tricolor recebe os sertanejos no Arruda. Precisa vencer se não quiser ficar de fora do próximo Nordestão e amargar um quarto lugar no PE2014. Se a igualdade no placar se repetir, o duelo será decidido nos pênaltis.   

Pouco antes do apito inicial, o meia Raul sentiu dores na coxa direita. Terminou vetado de última hora. Memo entrou no seu lugar. O técnico Vica, portanto, acabou retomando a formação com três volantes na equipe. Foi incoerente. Afinal, na última terça, o treinador havia admitido que o esquema com um trio de cabeças área não dava certo no Santa Cruz e queria iria abdicá-lo de vez. O comandante teria Raniel como opção para armar as jogadas. E o atacante Pingo, que chegou até a ser cogitado para figurar de início na equipe titular.

Não demorou para o Salgueiro abrir a contagem. Bastaram seis minutos. Sidny fez a jogada e tocou para Kanu. Depois de acertar a trave, o atacante da equipe sertaneja balançou as redes de Tiago Cardoso e comemorou: 1 a 0. Aproveitando-se quase sempre das falhas nas laterais do Tricolor, o Carcará teve ainda, pelo menos, mais três oportunidades de ampliar. 

O Santa Cruz, por sua vez, quase não conseguia atacar. Errava passes constantemente. Tinha um meio-campo lento com Sandro Manoel, Memo e Luciano Sorriso como volantes. Jefferson Maranhão, sozinho, ficava sobrecarregado na armação. Aos 30, Flávio Caça-Rato sentiu a coxa esquerda e Vica aproveitou para tentar fazer algo. Acionou Pingo. Mas seguiu com os três volantes. De nada adiantou.    

Segundo tempo
O Salgueiro iniciou a etapa final da partida pressionando os corais. Tiago Cardoso foi, de novo, fundamental. Vica resolveu abdicar de um cabeça de área só aos 15 do segundo tempo. Raniel, enfim, entrou em campo. Saiu Memo. Mas o time ficou pouco tempo com dois meias. Maranhão saiu cinco minutos depois para a entrada de Betinho. Eram três atacantes em campo. E foi o próprio Betinho que empatou. Com 26 minutos, empatou de fora da área. 

Salgueiro
Luciano, Sidny, Alemão, Ranieri e Peri; Pio, Moreilândia (Rodolfo Potiguar), Valdeir (França) e Anderson Paraíba; Everton e Kanu (Alexson). Técnico: Cícero Monteiro.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Zeca; Sandro Manoel, Memo (Raniel), Luciano Sorriso e Jefferson Maranhão (Betinho); Flávio Caça-Rato (Pingo) e Léo Gamalho. Técnico: Vica.

Estádio: Cornélio de Barros (Salgueiro-PE)
Árbitro: Emerson Sobral/PE
Assistentes: Clóvis Amaral e Albino de Andrade Albert Júnior, ambos de PE
Gols: Kanu (6' do 1ºT, Salgueiro) e Betinho (26' do 2ºT, Santa Cruz)
Cartões amarelos: Jefferson Maranhão, Pingo e Luciano Sorriso (Santa Cruz); Peri (Salgueiro)
Público: 7.618.
Renda: R$: 110.325
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker