Página inicial
 
Mural de recados
25.09 | Freddy Renner
Eu só tô vendo números positivos para o Náutico, com essa parceria. Algum torced ...
25.09 | Severino
Prefeita de Caruaru? Quem tiver notícias dela, ganha um prêmio!!! ...
25.09 | MARCONDES
VAMOS APOIAR E ACREDITAR COM NOVA DIRETORIA, O CENTRAL VAI SE ORGANIZAR, NÁUTICO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/03/2014
19h15 | esportes - PE 2014
PE 2014 -> Decisivo, Náutico vence o Sport por 1 a 0 e termina hexagonal como líder
Clique e Confira.
O Náutico foi desicivo. Soube aproveitar. O contrário do Sport. Depois de ver o rival algumas oportunidades, a equipe timbu silenciou a maior parte da Ilha do Retiro. Foi o gol de Marcus Vinícius no segundo tempo. Ele deu ao Timbu a vitória que o time precisava. Deu a liderança. O Alvirrubro terminou a primeira fase do Pernambucano com 20 pontos e encara o Central. Já o Leão da Ilha enfrenta o Santa Cruz.

 

 

Primeiro tempo
Aos cinco minutos do primeiro tempo, o Náutico teve falta perigosa na entrada da grande área. Zé Mário cobrou e a bola bateu na rede pelo lado de fora. O lance fez a torcida do Sport silenciar, e o treinador Lisca esboçou comemorar como se a bola tivesse entrado. O troco do Sport só aconteceu efetivamente depois de uma tabelinha entre Felipe Azevedo e Rodrigo Mancha. A zaga alvirrubra impediu o pior e tocou a bola para o escanteio. Neto Baiano - sempre ele - quase aproveitou uma bobeira do zagueiro Flávio. O goleiro Alessandro estava ligado e segurou o chute do atacante leonino.

Aos poucos, o Sport  aumentou o volume de jogo. Passou a incomodar mais a defesa do Timbu. Dava a impressão que Neto Baiano estava sempre aguardando um vacilo da dupla de zaga do Náutico - Flávio e William Alves. O que não seria novidade.

 

No Sport, Bruninho esteve apagado (Paulo Paiva/DP/D.A Press)
No Sport, Bruninho esteve apagado
Enquanto isso, Marinho tentava levar perigo aos marcadores do Leão. Mas os constantes erros de passes do Náutico também facilitavam as investidas do Rubro-negro. É tanto que em uma dessas falhas, Everton Páscoa perdeu um gol feito. Sozinho de frente para gol ele desperdiçou um rebote do goleiro Alessandro, que defendeu forte chute de Bruninho.

O Náutico estava sem poder ofensivo, e Magrão passou um bom tempo sem ser incomodado. Melhor para o Leão. Próximo do fiml da etapa inicial, mais pressão do Sport. O Náutico só fazia se defender. E do jeito que dava. E para piorar, aos 44 minutos, o volante Elicarlos, sempre firme no desarme, machucou-se e foi substituído.

Etapa final
No segundo tempo, o Náutico que já havia perdido Elicarlos, ficou sem o atacante Marinho. O atleta sentiu uma lesão muscular e foi substituído por Paulo Júnior. Enfraquecido, o Timbu levou logo um susto. Ferron cabeceou a bola, que foi tirada em cima da linha por Raí.

 

 

Na volta para o segundo tempo, o  Náutico que já havia perdido o volante Elicarlos, ficou também sem o atacante Marinho, que sentiu dores na virilha. Lisca colocou Paulo Júnior e a alteração surtiu efeito. Os alvirrubros deixaram de se defender apenas. Tiveram mais ímpeto, embora os rubro-negros tenham mantido a atenção do primeiro tempo. O técnico do Sport, Eduardo Baptista, decidiu mexer no time. Colocou Ailton e Sandrinho O time precisava criar. E assim como do lado alvirrubro, as mudanças foram bem-vindas para os leoninos. O Sport seguiu rondando a área do Náutico.

Mas foi o Timbu, que aos 28 minutos, abriu o placar na Ilha do Retiro. Em um cruzamento de Zé Mário, o meia Marcos Vinicius, de cabeça, colocou a bola no fundo da rede de magrão (1 a 0).

 

O gol deixou o time de Rosa e Silva mais animado. Já o Sport, seguia concluindo muito mal as finalizações. Com o Sport pressionado a fazer o gol de empate, o Náutico passou a sair somente nos contra-ataques. Aos 43 minutos, a própria torcida do Leão passou a vaiar seus jogadores. Estava impaciente com a morosidade da equipe. Nos acré A pequena quantidade de torcedores do Náutico ficaram em êxtase. Cantavam feliz da vida. Coisas de clássicos. 

 

Ficha Técnica

Sport
Magrão; Patrick, Ferron, Durval e Renê (Danilo); Ewerton Páscoa, Rodrigo Mancha e Renan Oliveira (Aílton); Bruninho (Sandrinho), Neto Baiano e Felipe Azevedo. Técnico: Eduardo Baptista

Náutico
Alessandro; Jobson, William Alves, Flávio e Raí; Elicarlos (Yuri), Dê, Roberson e Zé Mário; Marinho (Paulo Júnior) e Marcelinho (Marcos Vinicius). Técnico: Lisca

Local: Ilha do Retiro Árbitro: Emerson Sobral Assistentes: Clóvis Amaral e Charles Rosas Pires Gols: Cartões amarelos: Renê, Neto Baiano (S); Yuri (N). Gol: Marucs Vinícius. Renda: R$ 220.545,00 Público: 13.656 pessoas

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker