Página inicial
 
Mural de recados
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
22.09 | MARCOS LEITE
TAVA VENDO SITE D RECIFE, O SANTA TÁ VENDENDO BOLO D ROLO PRA AJUDAR NO CT NINHO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
20/02/2014
16h57 | esportes - PE 2014
PE 2014 -> Tropeços recentes aumentam importância da próxima rodada para Náutico e Santa
Clique e Confira.
Em tese, seria apenas mais uma rodada do hexagonal final do Pernambucano. Porém, os tropeços de Náutico e Santa Cruz contra equipes menores e o empate no Clássico das Emoções deixaram os rivais em situação de alerta.

Terminar o hexagonal entre os quatro melhores colocados num grupo que conta com Salgueiro, Porto e Central não parece ser uma tarefa das mais complicadas para os três principais clubes do Estado. Pelo menos, deveria ser assim, considerando-se a estrutura e os investimentos de cada equipe. Entretanto, apenas o Sport está atravessando a fase sem sustos. Com duas vitórias em duas rodadas, os rubro-negros assumiram a liderança isolada. E não custa lembrar que o Leão tem um jogo a menos, já que o Clássico dos Clássicos da primeira rodada foi adiado para a próxima semana.

Atual tricampeão, o Santa Cruz sofreu um revés inesperado, ao perder para o Porto na segunda rodada. A ideia era se recuperar com uma vitória no Arruda, mas o triunfo não veio. Num Clássico das Emoções que não fez jus ao nome, os tricolores tiveram que se contentar com o 0 a 0, dada a superioridade alvirrubra no encontro.

 

O empate, porém, não pode ser considerado um bom resultado para o Náutico, uma vez que os alvirrubros também tropeçaram em Caruaru na rodada anterior. Os comandados de Lisca venciam até os 47 do segundo tempo, quando cederam o empate numa jogada de bola aérea, uma das principais deficiências do Timbu.

 


A situação da dupla só não é mais delicada, porque Salgueiro e Central também não saíram do 0 a 0 na rodada no último domingo. Assim, os tricolores se mantiveram na vice-liderança do grupo, com os mesmos quatro pontos do Carcará (1 x -3 no saldo de gols) e a dois do Sport. Entretanto, o cenário é ruim suficiente para a existência da possibilidade de tricolores e alvirrubros terminarem o fim de semana fora da zona de classificação. E vale ressaltar que se algum deles não avançar às semifinais, estará automaticamente fora do Nordestão do próximo ano. O que significa que esta equipe teria de participar da fase classificatória do Pernambucano, que começa em novembro.

Para isso, claro, seria preciso uma combinação pouco provável de resultados. Seria necessário que Náutico e Santa Cruz fossem derrotados por Porto e Salgueiro, respectivamente, e que o Central vencesse o Sport na Ilha do Retiro. Ainda assim, tanto Lisca quanto Vica sabem que qualquer resultado diferente da vitória será suficiente para mexer com o ambiente de seus elencos.
 
Do Super Esportes 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker