Página inicial
 
Mural de recados
22.07 | MARCOS LEITE
NA SÉRIE A2 SÓ SOBE O CAMPEÃO, ESPERO SEJA O PORTO GAVIÃO DO AGRESTE. OU PESQUEI ...
21.07 | jose arruda
Warley, obrigado pela informação atualizada sobre o Sub 20-2017. A FPF divulgou ...
21.07 | Adalgisio
Warley relembra aquela campanha do central na serie D que o time era comandado p ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/12/2013
13h34 | esportes - PE 2013/2014
Guia do Pernambucano: Estadual 2014 começa antes da virada do ano
Clique e Confira.

Matéria do globoesporte.com-PE 

O Campeonato Pernambucano 2014 se adiantou à virada do ano e terá início no próximo domingo, dia 08 de dezembro. A mudança na fórmula do Pernambucano se deve ao ano atípico que se aproxima, com a paralização no calendário do futebol nacional, por conta da Copa do Mundo.  Sendo assim, durante as comemorações de fim de ano, alguns clubes do estado estarão em plena atividade, com descanso apenas nos feriados de natal e réveillon.

Das 12 equipes pernambucanas que disputarão a competição, nove estarão em campo no primeiro turno. São as equipes do interior do estado e mais o América-PE. Os três grandes do Recife, Santa Cruz, atual tricampeão, Sport e Náutico, só iniciam a participação no Estadual no segundo turno, que começa no dia 12 de fevereiro. Mas as equipes não terão todo esse tempo de ’folga’. Estarão disputando a Copa do Nordeste enquanto a bola rola pela primeira fase do Estadual.

sport x santa cruz flávio caça-rato (Foto: Antônio Carneiro / Pernambuco Press)Santa Cruz, campeão de 2013, só entra em campo no 2º turno (Foto: Antônio Carneiro / Pernambuco Press)

Para as equipes do primeiro turno, também estará em jogo uma vaga para a Série D do Brasileirão. A outra vaga de Pernambuco para a Série D está reservada ao melhor colocado do segundo turno, com exceção de Salgueiro, Sport, Náutico e Santa Cruz, já classificados para divisões superiores. Os três primeiros colocados do Pernambucano 2014 se classificarão para a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil.

Regulamento

No primeiro turno do Estadual 2014, nove equipes se enfrentam no sistema de pontos corridos em jogos de ida e volta. São elas: America-PE, Chã Grande, Central, Pesqueira, Porto, Salgueiro, Serra Talhada, Vitória-PE e Ypiranga-PE. As três equipes classificadas para a Copa do Nordeste (Santa Cruz, Sport e Náutico) não participam desta fase.  O time que somar mais pontos nas 18 rodadas do primeiro turno, garante vaga na Série D do Brasileirão 2014. As três melhores equipes seguem para a próxima fase do Estadual.

No segundo turno, Santa Cruz, Sport e Náutico entram na competição se juntando às três equipes classificadas no primeiro turno, para disputar o hexagonal do título em 10 rodadas. Os quatro primeiros garantem vaga na semifinal. Os clubes que não seguiram para o segundo turno disputarão um hexagonal para decidir quem será rebaixado. Os dois últimos caem para a Segunda Divisão do Pernambucano em 2015.

Nas fases de pontos corridos, em caso de igualdade na pontuação, o vencedor será decidido dentro dos seguintes critérios de desempate, na sequência: Mais vitórias; melhor saldo de gols;  mais gols pró;  confronto direto; mais vitórias como visitante;  menos derrotas como mandante;  sorteio.

A semifinal, a disputa do 3º lugar e  a final serão disputadas no sistema de mata-mata, em jogos de ida e volta. Em caso de igualdade nos pontos no confronto, a disputa será decidida nos pênaltis, independentemente de outros critérios de desempate.

Header_materia_AMERICA-PE (Foto: Infoesporte)

 

 

Kassio América (Foto: Thiago Ribeiro)
Revelado pelo Sport, Kássio tenta reencontrar o
caminho da carreira (Foto: Thiago Ribeiro)

Com uma comissão técnica composta pelos ex-jogadores Édson Miolo (treinador) e Érlon (assistente), além do ex-técnico de Sport e Náutico Waldemar Lemos no cargo de coordenador de futebol, o América se prepara para tentar fazer bonito no Campeonato Pernambucano no ano de seu centenário. De volta após ser vice-campeão da Série A2, o discurso no clube é de humildade.

- No momento, não pensamos em título ou coisa do tipo. Acho que precisamos ser racionais. O primeiro objetivo do América no estadual é se manter na divisão de elite. Depois disso, poderemos traçar objetivos mais ousados. - diz o técnico Édson Miolo.

Longe da mídia desde que saiu do Sport, o meia Kássio vê no América a chance de renascer para o futebol pernambucano. Além dele, o clube conta com Phillip, meia revelado pelo Náutico. Outro destaque do time é o atacante Jose, que disputou a Série B do Campeonato Brasileiro de 2011 pelo Salgueiro. A estreia será contra o Serra Talhada, domingo, no Ademir Cunha. Insatisfeito com as condições do estádio, o América ainda estuda mandar seus jogos no Estádio dos Aflitos.

Header_materia_CENTRAL (Foto: Infoesporte)

O time do Central-PE está confiante para a disputa do estadual 2014. Foram apresentados pela diretoria alvinegra 30 jogadores para compor o elenco. No comando da equipe o experiente técnico Paulo Moroni, que foi campeão da Copa Piauí este ano.

Quem chegou com o dever de balançar as redes foi o atacante Wanderley, conhecido nas equipes onde jogou, como W11. Outro destaque da Patativa é o goleiro Juninho já conhecido da torcida centralina. O arqueiro atuou na Série D deste ano e ajudou o time a passar da primeira fase da competição.

Durante a pré-temporada, o time do Central-PE realizou treinamentos no Estádio Antônio Inácio de Souza e também em um campo na área rural de Caruaru. Tudo isso para revitalizar o gramado do Estádio Lacerdão. Só na última semana antes da estreia, o elenco pode voltar a treinar em casa. A estreia do Central-PE na competição será contra o time do Porto-PE, às 16h no Estádio Luiz José de Lacerda. O primeiro clássico do Pernambucano 2014.

Header_materia_CHA-GRANDE (Foto: Infoesporte)

Reformulação quase total. Do elenco que terminou o estadual de 2013 na décima colocação, apenas quatro jogadores permanecem. Ao todo, nada menos que 26 atletas foram contratados, incluindo dois estrangeiros, que são duas das principais apostas do clube. Preparando o time há menos de um mês, o técnico Bira Veiga pensa em atingir objetivos ousados,  porém, quer seu time dando um passo de cada vez.

- Nosso pensamento é em atingir vôos altos sim, no entanto, temos que dar um passo de cada vez. O primeiro deles é conseguir a vaga no hexagonal. Em seguida, brigaremos por uma vaga na Série D. E como não pode ser, assim como qualquer equipe da competição, sonhamos com o título.

Como o estádio da cidade, o Barbosão, não tem arquibancadas, o Chã Grande mandará seus jogos em Vitória de Santo Antão. E o primeiro, será justamente contra o dono da casa, o Vitória.

Header_materia_PESQUEIRA (Foto: Infoesporte)

O Pesqueira só entrará em campo pelo Pernambucano na segunda rodada, quando enfrenta o Serra Talhada fora de casa. Com um tempinho a mais, a Águia do Agreste aproveita a oportunidade para aprofundar os treinamentos e afinar o elenco para um objetivo que já está bem definido: repetir a boa campanha do último estadual, quando terminou em 5º lugar.

O técnico Humberto Santos, que permanece no comando do time, já definiu a estratégia para o campeonato: Segundo ele, a união e a coletividade irão superar todas as dificuldades. A equipe foi fechada com 27 jogadores e vai mandar seus jogos no Estádio Joaquim de Brito, que está com a reforma quase concluída. Cerca de 90% da obra já está pronta e o clube espera utilizar o campo no dia 15 de dezembro, quando estreia como mandante. As arquibancadas serão móveis e a iluminação deve estar pronta no início da próxima semana.

Header_materia_PORTO-PE (Foto: Infoesporte)
  •  
Joelson - Porto (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com/PE)
Joelson, do Porto, foi o vice-artilheiro do Estadual
2013 (Foto: Lula Moraes/Globoesporte.com/PE)

Conhecido por revelar jovens talentos para o futebol nacional, o Porto-PE vai disputar o Pernambucano 2014, com uma mescla de experiência e juventude. A média de idade dos atletas é de 21 anos. Mesmo assim, alguns jogadores já conhecidos no estadual se juntaram ao grupo, como o grandalhão Kiros, que já defendeu o Santa Cruz, em 2011, e volta como uma das armas no ataque do Gavião. O destaque  é o atacante Joelson, que também foi revelado pelo clube. No Estadual 2013, o jogador conquistou a vice-artilharia com 16 gols - um a menos que o artilheiro da competição, o atacante Elton, do Náutico.

Entre os jogadores mais jovens, quem deve ganhar espaço no time titular depois de dois anos de muito trabalho é o goleiro Emanuel. O arqueiro participou dos últimos estaduais no banco de reservas. Mas para esta temporada, existe a possibilidade de o goleiro ser o novo dono da camisa 1 do Gavião do Agreste.

Header_materia_SALGUEIRO (Foto: Infoesporte)

Destaque com uma campanha surpreendente na Copa do Brasil, quando chegou às oitavas de final, o Salgueiro inicia o Campeonato Pernambucano de 2014 com 26 atletas no elenco. O clube perdeu nas últimas semanas oitos jogadores, entre eles, os meias Danilo Gomes e Clébson., que foram destaques na campanha de 2013. A diretoria continua trabalhando com o objetivo de trazer mais três jogadores para reforçar a zaga, a lateral esquerda e o ataque. Sem nenhum grande destaque individual, a força do Salgueiro está no grupo, que vem jogando junto há um bom tempo.

O Carcará estará sob o comando do técnico Cícero Monteiro, que assumiu a equipe após a saída de Marcelo Chamusca. A expectativa do clube é que o novo treinador repita os bons desempenhos de suas últimas passagens, a exemplo de 2010, quando conseguiu levar o Carcará à Série B do Brasileiro. A principal meta do Salgueiro nesta primeira fase é ficar entre os três melhores, se classificando para o hexagonal final, que contará com as presenças de Náutico, Sport e Santa Cruz.  Conquistando o objetivo, o clube planeja voos mais altos.

- Aí é outro campeonato e todo time que entrar, vai com objetivo de conquistar algo a mais - frisa  o diretor de futebol Carlos José de Araújo.

Header_materia_SERRA-TALHADA (Foto: Infoesporte)

O time sertanejo busca uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro e investiu em alguns reforços para alcançar o objetivo este ano. A grande  novidade é o atacante Ricardinho. Natural de Serra Talhada, com passagens pelo Sport, Botafogo e Vasco. O atleta, que defendeu o Sampaio Corrêa em 2013, assinou contrato para ficar até o fim do estadual e, por coincidência, deve jogar com o irmão Rogério, titular da lateral direita do Lampião.

O grupo fechou com 27 jogadores, mas a equipe que vai entrar em campo na primeira partida do time ainda é dúvida na cabeça do técnico Pedro Manta. Por sinal, o treinador que já comandou o time na competição deste ano, volta com a missão de erguer o Lampião no cenário estadual.

No Sampaio, Ricardinho briga por uma vaga no time titular e não se incomoda com a reserva (Foto: Afonso Diniz)Ricardinho, que estava no Sampaio Corrêa, é o destaque do Serra Talhada no Estadual (Foto: Afonso Diniz)
Header_materia_VITORIA-PE (Foto: Infoesporte)

Menos de um mês após conquistar o título da divisão de acesso à Série A1 do Campeonato Pernambucano, o Vitória já está pronto para encarar os melhores clubes do estado. Apostando no técnico Caio Albuquerque, vitorioso no futebol feminino do clube.

- O que me fez sair do Rio para treinar o Vitória foi o projeto do clube. O time vem de uma bela campanha na Série A2 e tem planos ambiciosos e concretos para este Campeonato Pernambucano. Além disso, disputar um estadual como o de Pernambuco é uma oportunidade que precisa ser aproveitada.

Com um curto tempo para contratar (foram apenas seis reforços), o Tricolor das Tabocas conta com a juventude de seu elenco para superar o cansaço causado pelo calendário apertado. Destaque na última Série A2 pelo Timbaúba, o atacante Cleitinho é um dos poucos reforços do Tricolor das Tabocas.

Header_materia_YPIRANGA-PE (Foto: Infoesporte)

 

O Ypiranga-PE fez a pré-temporada para o Pernambucano longe de Santa Cruz do Capibaribe. O lugar escolhido foi a cidade de Amaraji, na Zona da Mata Sul do estado. Um dos motivos que levaram a equipe da Máquina de Costura a treinar fora de casa, foi o mesmo de outras equipes da região: poupar o gramado para as partidas oficiais. A intenção era deixar o Estádio Limeirão em perfeitas condições de jogo.

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker