Página inicial
 
Mural de recados
22.07 | MARCOS LEITE
NA SÉRIE A2 SÓ SOBE O CAMPEÃO, ESPERO SEJA O PORTO GAVIÃO DO AGRESTE. OU PESQUEI ...
21.07 | jose arruda
Warley, obrigado pela informação atualizada sobre o Sub 20-2017. A FPF divulgou ...
21.07 | Adalgisio
Warley relembra aquela campanha do central na serie D que o time era comandado p ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/08/2013
22h54 | esportes - COPA SUL-AMERICANA
COPA SUL-AMERICANA > Náutico x Sport - 21h50 - Arena Pernambuco
Clique e Confira.

Mais uma vez Náutico e Sport voltam ao gramado para uma decisão. Desta vez, contudo, conta mais do que apenas a disputa regional histórica. O Clássico dos Clássicos desta quarta-feira, às 21h50, na Arena Pernambuco, vale a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana. É o segundo jogo do confronto entre as duas equipes. O Leão venceu o primeiro por 2x0 e está na vantagem do empate e até da derrota por um gol de diferença. Ao Náutico resta vencer por três gols para sair vitorioso. Se for 2x0 para o Timbu vai para os pênaltis. O gol fora conta como critério de desempate.

Além da vaga, o duelo entre os rivais eternos pode trazer outros aspectos para ambos os clubes. No lado do Alvirrubro vale a chance de finalmente reagir e espantar de vez o mau momento que vive. Já para o Rubro-negro conta a oportunidade de manter o bom momento nesse segundo semestre. A eliminação, no entanto, pode atrapalhar o planejamento dos dois para o restante do ano, principalmente pelo lado do Náutico - que é o lanterna da Série A.

NÁUTICO - Por ter perdido o primeiro confronto, o Náutico é a equipe que tem que tomar a iniciativa nesse segundo jogo. Precisa reverter a desvantagem de 2x0 contra para obter a classificação, missão considerada difícil não só pela necessidade do placar como também pelo momento que o Timbu vive. A equipe não marca faz cinco jogos e não sabe o que é vencer desde julho, quando bateu o Internacional por 3x0 na Série A.

"Preocupa mais a má fase. Os garotos estão tentando superar esse momento para que passe logo", disse o técnico Jorginho em coletiva nessa terça-feira, no centro de treinamento Wilson Campos.

Para conseguir superar o mau momento e o próprio Sport, Jorginho adotou a tática do mistério. Não confirmou o time titular do Náutico. Tem dúvidas na lateral direita - entre Auremir, Derley e Oziel -, no meio - entre Peña e Morales - e no ataque - entre Olivera e Jones Carioca.
 
Independente de quem atuar, o treinador que ver evolução na sua equipe para quem sabe reencontrar a vitória. "Minha alegria é vencer, mas os jogadores estão lutando", afirmou.

Uma preocupação, porém, é tentar impedir que o Sport também jogue, principalmente por conta do gol fora. "Temos que ter pose de bola o maior tempo possível e não errar passes. Temos que diminuir os erros".

SPORT - O técnico Marcelo Martelotte também faz mistério. A posição que exige atenção do treinador é o ataque: Roger, Felipe Azevedo e Marcos Aurélio disputam duas posições. Em condições normais, o último deveria ter lugar assegurado - devido à performance que apresenta na Série B. Mas, como ficou fora da equipe por 12 dias, o treinador pode estar receoso de colocá-lo como titular. Já Azevedo, por outro lado, teve uma herpes-zóster, causada por um vírus, não treinou nos últimos dias - está liberado, porém, clinicamente. O comandante despistou: "São três jogadores para duas vagas. Os três têm condição e estão relacionados", limitou-se a revelar.

Outra preocupação leonina é saber administrar a vantagem. Com dois gols à frente do Náutico, e sem ter tomado tentos em casa, o Rubro-Negro tem um objetivo: marcar um para obrigar o Timbu a fazer quatro para se classificar. "Fazendo um gol, você define uma classificação, praticamente. Isso foi o melhor do resultado que consguimos na Ilha do Retiro. Um 2 x 0 não é uma vantagem tão grande. É um resultado até comum no futebol. Mas, se a gente fizer um gol, obriga o adversário a fazer quatro. Aí, sim, já é um resultado muito complicado para tirar", disse Martelotte.

O experiente goleiro Magrão adverte para a atenção. O Sport, segundo ele, não pode entrar tranquilo demais com o resultado obtido na Ilha. "A vantagem existe. Não adianta chegar e dizer que não tem vantagem. Mas a gente sabe que, da mesma maneira que conseguimos fazer 2 x 0, o Náutico também tem condições de fazer 2 x 0 na gente. Estamos conscientes de que estamos um pouco na frente, mas não acomodados. Até porque, se a gente entrar mole, podemos ter surpresa", avisou.

O Sport deve ir a campo com a seguinte formação: Magrão; Patric, Tobi, Gabriel e Pery; Anderson Pedra, Rithely, Camilo e Lucas Lima; Felipe Azevedo e Roger (Marcos Aurélio).

FICHA DA PARTIDA - NÁUTICO X SPORT

Náutico: Ricardo Berna; Derley (Oziel), João Filipe, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley, Martinez e Peña (Morales); Rogério e Jones Carioca (Olivera). Técnico: Jorginho.

Sport: Magrão; Patric, Tobi, Gabriel e Pery; Anderson Pedra, Rithely, Camilo e Lucas Lima; Felipe Azevedo e Roger (Marcos Aurélio). Técnico: Marcelo Martelotte.

Copa Sul-Americana. Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE). Horário: 21h50. Árbitro: Heber Roberto Lopes. Auxiliares: Marcio Santiago e Marcelo Van Gasse.

Do Blog do Torcedor


.
 
 
 
eXTReMe Tracker