Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
20/08/2013
09h38 | esportes - SUL-AMERICANA
COPA SUL-AMERICANA > Sport x Náutico - 19h30 - Ilha do Retiro - Recife
Clique e Confira.

Sport e Náutico fazem, na noite desta terça-feira, na Ilha do Retiro, um Clássico dos Clássicos histórico. Pela primeira vez, os dois rivais fazem pela primeira vez um duelo válido por uma competição internacional: a Copa Sul-Americana. A partida poderia ser marcada por uma bela festa pelos torcedores. No entanto, as duas equipes estão em outro foco. O Sport, que vive momentos de pura irregularidade, tenta voltar à elite do futebol brasileiro. O Náutico, por sua vez, está na lanterna na Série A, e luta para sair dessa situação e permanecer no Brasileirão em 2014. Em todo caso, a partida vale pela rivalidade e para que os dois times ganhem motivação extra para conseguirem os seus objetivos na competição nacional. A partida começa às 19h30.

Não estava nos planos do Sport participar da competição. Depois do rebaixamento no ano passado e a perda do título estadual para o Santa Cruz, os rubro-negros só vislumbravam à disputa da Série B. No entanto, por conta de um regulamento maluco, o Leão ganhou a vaga de presente porque clubes que tinham a vaga garantida pela classificação do Brasileirão 2012 avançaram na Copa do Brasil. Agora, diante do rival alvirrubro, o Sport sente a obrigação da vitória. Para o duelo, o técnico Marcelo Martelotte não vai contar com o seu principal jogador: Marcos Aurélio. O jogador tem um edema na panturrilha esquerda e foi vetado pelo departamento médico do clube. Para o seu lugar, Roger foi escolhido.

A ausência de Marcos Aurélio está sendo bastante lamentada pela torcida. Afinal, o time perde seu artilheiro e seu cobrador oficial de faltas. Nos últimos jogos pela Série B, ele tem feito a diferença.

Com Roger, o Sport perde um pouco da velocidade e terá uma referência na área. A luta de Roger é ganhar mais ritmo de jogo. Nas  últimas vezes em que jogou, o atacante não agradou e voltou para o banco de reserevas. "Estou procurando me aprimorar. Agora estou vendo o quanto a contusão me atrapalhou. No Pernambucano, os gols estavam saindo. Então, estou tentando retomar aquela fase, jogar em alto nível novamente. Que esse gol possa sair contra o Náutico para pudermos comemorar muito.", disse. Essa não será a única mudança no time. Na lateral-esquerda, Pery ganhou a preferência do treinador, pois tem mais vigor na marcação. Marcelo Cordeiro fica como opção no banco de reservas. No meio, Camilo volta a titular. Patrick Silva volta para o banco.

No Náutico, a boa atuação diante do Fluminense, apesar da derrota deixou o técnico Jorginho bastante confiante na evolução da equipe. Por isso, ele não fez alterações na equipe titular para o confronto
diante do Sport. O comandante alvirrubro não teve muito tempo para conhecer o elenco. Desembarcou no Recife na noite da quinta-feira, foi apresentado aos jogadores na sexta-feira e, no sábado, comandou o time contra o Tricolor Carioca. "Vamos para um confronto de 180 minutos. Nesta terça, teremos o primeiro tempo desse duelo. É preciso jogar com inteligência. Vamos respeitar o Sport, mas seremos respeitados também", disse o comandante do Timbu.

A partida é uma oportunidade que o Náutico tem de quebrar o tabu de não vencer o Sport na Ilha do Retiro há nove anos. Mas os jogadores do Timbu visam eliminar o rival para ganhar mais confiança no
 trabalho e ganhar forças para a disputa do Brasileirão, onde se encontram numa situação complicada na tabela. "Todo jogador gosta de jogar e vencer clássico. A gente sabe como é o dia seguinte para quem ganha e quem perde. Toda a equipe tem que guerrear muito para bater o Sport na Ilha. Mas estamos numa fase em que precisamos vencer, não importa quem esteja pela frente", declarou o volante Derley. O jogador vai atuar ao lado de Elicarlos e Martinez, que voltou ao time na partida contra o Fluminense e melhrou a troca de passe da equipe.

Ficha técnica

Sport - Magrão, Patric, Gabriel, Tobi e Pery; Pedra, Rithelly, Camilo e Lucas Lima; Felipe Azevedo e Roger. Técnico: Marcelo Martelotte.

Náutico - Ricardo Berna, Auremir, Jean Rolt, João Felipe e Eltinho; Elicarlos, Derley, Martinez e Tiago Real; Rogério e Maikon Leite. Técnico: Jorginho.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 19h30. Árbitro: Sandro M. Ricci (MG). Assistentes: Alessandro Rocha (BA) e Emerson de Carvalho (SP).  Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada).

Do Blog do Torcedor


.
 
 
 
eXTReMe Tracker