Página inicial
 
Mural de recados
18.11 | Paulo alvinegro
Era o ano pra um time do interior chegar lá com o rebaixamento dos três da capit ...
18.11 | MARCONDES
´PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTORIA DO FUTEBOL PE. 3 GRANDES CAIRAM, A COMEÇAR PELO M ...
17.11 | CLEO
VERDADE VICTOR HUGO O REINADO DOS TRÊS DA CAPITAL ACABOU,COMO DIZ O DITADO FIZER ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/07/2013
14h14 | esportes - FUTEBOL PERNAMBUCANO
FPF insiste em evitar Clássico dos Clássicos na Copa Sul-Americana
Clique e Confira >>>
Apesar dos dirigentes de Náutico e Sport afirmarem publicamente o interesse de se enfrentarem pela Copa Sul-Americana e da opinião pública também defender a realização da partida, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, se mantém irredutível no intuito de que alvirrubros e rubro-negros duelem contra outros adversários na fase brasileira da competição.
Além de usar como argumento a possibilidade de os dois clubes avançarem juntos à fase internacional, deixando de lado a chance de os dois serem eliminados, o cartola revelou a existência de outros interesses na mudança da tabela. Sem, no entanto, entrar em detalhes.

“O compromisso único da Federação é de atender os interesses maiores dos seus filiados, que envolvem outras questões. E é natural que a imprensa e a opinião pública não tenham conhecimento de todos os aspectos. Futebol é negócio. O jogo em si não é só um jogo. Envolvem negociações de patrocínios, de televisionamente e outras questões que não têm porque irem a público. É obrigação da Federação fazer o melhor para os clubes, independentemente da opinião pública e da imprensa”, afirmou Evandro Carvalho.

O presidente da FPF não se abalou nem quando lembrado que dirigentes dos dois clubes se mostraram a favor da realização do clássico. Pelo lado do Sport, o executivo de futebol Marcos Amaral disse que o Leão teria a vantagem de não fazer grandes deslocamentos. Pelo lado do Náutico, o vice-presidente de futebol, André Campos alegou que o jogo seria uma “festa para o esporte pernambucano”. Mais uma vez, Evandro deixou dúvidas no ar.

“A declaração de um diretor expressa apenas o sentimento de uma pessoa. É apenas um item dentro de um conjunto. Uma coisa é um dirigente se falar, a outra é a realidade dos fatos. E se uma instituição tem que ser criticada, que seja a Federação. Nos servimos de vidraça.”

Segundo Evandro, uma definição sobre uma possível modificação na tabela da Sul-Americana será definida na próxima semana. Nem a confirmação dos confrontos, via a Conmebol, tira a confiança do cartola pernambucano. “Tudo é possível. Mudar esse jogo é mais fácil do que alterar o horário do jogo de domingo do Santa Cruz na Série C (das 19h para as 16h, a pedido do tricolor). O que a Comnebol divulgou foi apenas um estudo, que vai ser submetido à CBF”, encerrou Evandro.
Do Super Esportes 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker