Página inicial
 
Mural de recados
26.09 | Gustavo
PQP tem 20 anos Q escultor esse blablabla de pedir ajuda a prefeitura minha gent ...
26.09 | ADALBERTO FLORÊNCIO DE OLIVEIRA
Bom dia grande torcida centralina,eu acho o seguinte nos devemos fazer é acredit ...
25.09 | Kaio
Essa tal de Prefeita tem obrigação de judar a nossa Patativa Temos que fazer pr ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/01/2013
08h49 | esportes - COPA DO NORDESTE
NORDESTÃO 2013: Competição voltou pra ficar
Clique e Confira >>>
Sucesso absoluto de público e crítica, além das generosas cifras, o Nordestão foi um marco no futebol da região em 2001 e 2002, com um faturamento de R$ 26 milhões, patrocinadores, transmissão aberta e muita gente nos estádios. A decisão de 2001, entre Bahia e Sport, registrou 65.924 pagantes na Fonte Nova. Depois disso, um hiato acompanhando do imbróglio judicial entre a liga nordestina e a CBF. Em 2003 e 2010, o regional voltou de forma quase clandestina, esvaziada.

Contudo, as seguidas vitórias na justiça encurralaram a Confederação Brasileira de Futebol, que cedeu e garantiu a competição por, pelo menos, dez anos. Assim, a Copa do Nordeste volta ao calendário oficial do país revigorada, com novos investidores e uma previsão de orçamento de R$ 40 milhões a cada edição. Uma receita superior aos Estaduais da região.

A competição será realizada de 20 de janeiro a 17 de março. O campeão jogará apenas doze vezes. Ainda assim, espaço suficiente para a velha rivalidade, sobretudo entre pernambucanos, baianos e cearenses. A expectativa é que já em 2013 dois estádios com o padrão de Copa do Mundo sejam utilizados, o Castelão e nova versão da Fonte Nova.

Para o ano que vem, Arena Pernambuco e Arena das Dunas. Por sinal, o crescimento deve ser gradual. Em 2013, o campeão ganhará um prêmio de R$ 1 milhão. No ano que vem, o mesmo valor e a vaga na Copa Sul-Americana.

A dourada Taça do Nordeste, que vem circulando nas maiores cidades da região, passa a ser o maior alvo de 16 equipes. Por decisão da CBF, Piauí e Maranhão ficarão de fora desta edição. Pernambuco e Bahia terão três vagas, contra duas dos demais estados. Aqui, os três primeiros colocados do último Estadual. O bicampeão Santa Cruz, o rival Sport e a surpresa entre os locais, o Salgueiro que irá debutar.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker