Página inicial
 
Mural de recados
16.10 | VICTOR HUGO
OS 2 CAIXÕES DE PANCADA DA SEGUNDONA, FERROVIARIO DO CABO E CHÃ GRANDE JÁ ESTÃO ...
14.10 | CLEO
EU ACHO Q O PESQUEIRA TEM JOGAR TODO DE AMARELO SÓ O NUMERO AZUL, JÁ TEM MUITOS ...
14.10 | MARCOS LEITE
GUSTAVO, NA SEGUNDONA TEM MUITOS BONS JOGADORES O CENTRAL TEM Q FIK D OLHO COM U ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/12/2012
08h54 | esportes - FUTEBOL PERNAMBUCANO
Times do Recife querem mais segurança e estabilidade para a sua camisa 1 na temporada 2013
Clique e Confira >>>

Do Super Esportes

Ricardo Fernandes/DP/D. A. Press
Um bom time começa com um bom goleiro. O lema virou regra no futebol. E Náutico, Santa Cruz e Sport querem começar a próxima temporada melhor do que em 2012. Até agora, no entanto, as peças são as mesmas. Mais: a chance de contratações para o setor é pequena. Assim, a expectativa de mais segurança e estabilidade na camisa 1 aparece condicionada à esperança de que as deficiências sejam minimizadas. E que as contusões não prejudiquem como neste ano.

 

 

 

Ricardo Fernandes/DP/D. A. Press
Único representante de Pernambuco na Série A, o Náutico viveu uma temporada de alternância no gol entre Gideão e Felipe. Essa mudança constante no dono da camisa 1 confirma que o Náutico não está seguro com o que tem atualmente. Apesar disso, a diretoria trabalha a renovação de Felipe, a pedido do técnico Alexandre Gallo. O retorno dele, porém, depende da liberação do Santos, que quer uma compensação financeira pelo novo empréstimo. Os salários já estão acertados. Segundo o presidente Paulo Wanderley, o Timbu já trabalha o nome de outros goleiros, o que reforça a tese de que a posição é um dos setores que não agradaram plenamente.

A torcida do Santa Cruz, por sua vez, espera um Tiago Cardoso igual ao de 2011, ano de conquistas coletivas (título do Pernambucano e acesso à Série C) e individuais (prêmio de melhor do Estadual). Em 2012, o camisa 1 teve uma visível queda de rendimento. E passou um longo período afastado por lesão. Da estreia à 13ª rodada do Brasileiro, Fred ocupou a meta coral e, apesar de algumas boas atuações, nunca passou a segurança necessária aos tricolores. Como o goleiro Cley vai ser emprestado a outro time para ganhar mais experiência, o prata da casa Wadson, recém-integrado ao elenco profissional, deve ser o segundo reserva.

 

 

Xodós

Paulo Paiva/DP/D. A. Press

Apesar do rebaixamento, os rubro-negros não precisam se preocupar em buscar reforços para a sua meta. Na verdade, a dúvida é sobre quem deve ser o dono da camisa 1 na próxima temporada. Num primeiro momento, a maioria dos torcedores irá cravar: Magrão. Um dos maiores ídolos da história do clube, o paredão conta com a eterna gratidão da torcida. 

Mas o fato é que sua condição física já começa a afetar o seu rendimento. Em 2012 – principalmente durante o Brasileiro –, Magrão acrescentou algumas defesas memoráveis à sua extensa coleção. Entretanto, prejudicado por uma lesão na coxa, seu desempenho despencou e o paredão falhou em momentos cruciais.

Para a sorte do Leão, o reserva também é um xodó da torcida. Forjado na base da Ilha do Retiro, Saulo desponta com um atleta de futuro promissor. As defesas do jogo contra o Náutico, na última rodada, são a prova disso. Mas, neste mesmo Clássico dos Clássicos, a saída precoce do goleiro levantou fortes dúvidas a respeito de sua maturidade. Ele deixou o jogo por conta de fortes cãibras – justificadas por uma possível instabilidade emocional.

O cenário atual

NÁUTICO
Titular - Felipe
1º reserva - Gideão
2º reserva - Leandro

SANTA CRUZ
Titular - Tiago Cardoso
1º reserva - Fred
2º reserva - Wadson

SPORT
Titular - Magrão
1º reserva - Saulo
2º reserva - Matheus


.
 
 
 
eXTReMe Tracker