Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
24.07 | Franco
Carlos e Paulo Alvinegro, vcs pelo menos são sócios, ou apenas críticam e defend ...
24.07 | Paulo alvinegro
Parabéns Carlos pelo seu comentário. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/09/2012
05h09 | esportes - AMISTOSO
AMISTOSO: Brasil x China - 22h - Arruda - Recife
Clique e Confira >>>
AFP PHOTO / ANTONIO SCORZA
Seleção Brasileira espera apoio por parte dos torcedores que estarão presentes no Arruda

A Seleção Brasileira fracassou na primeira missão de reconquistar a confiança do povo brasileiro. Na sexta-feira, saiu impiedosamente vaiada do Morumbi pelo futebol pobre apresentado contra a África do Sul. Agora, a ordem é se apegar à forte ligação com a torcida pernambucana para mostrar algo convincente nesta segunda-feira, às 22 horas, contra a China, no estádio do Arruda.

Na capital pernambucana, a tradição da torcida é dar carinho à Seleção. A relação de amor ficou clara nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1994. Muitos consideram que o passo inicial para o título do Brasil nos Estados Unidos foi a vitória de 6 a 0 sobre a Bolívia, justamente no Arruda, em 1993. 

“As pessoas precisam entender que ainda estamos montando uma equipe. Sabemos que os torcedores ficam um pouco nervosos porque querem espetáculo e resultados. Cabe a nós encontrar uma solução”, reconhece o goleiro Diego Alves.

O ambiente de Recife é um alívio para dois personagens que sofreram com as vaias em São Paulo: o técnico Mano Menezes e principalmente o atacante Neymar. No Morumbi, a estrela do Santos foi classificado como “pipoqueiro” e desabafou:

“Fiquei triste pelas palavras (da torcida), não sei se estão certos, mas meu currículo mostra o contrário”, diz. “Seleção vencer e ser vaiada é coisa nova para mim”, emenda.

O jogo em Pernambuco traz um sentimento especial ao atacante Hulk, herói no Morumbi por marcar o gol da vitória contra a África do Sul. Nascido em Campina Grande, na Paraíba, ele aguarda o apoio de amigos e familiares, mesmo com a chance de iniciar novamente um jogo no banco de reservas. 

“Eu saí muito novo do Brasil, deixei o País quando tinha só 18 anos, então é bom voltar a jogar aqui, principalmente com a camisa da Seleção Brasileira. Estou feliz, é um momento especial”, exalta.

Na escalação, Mano Menezes apelou para uma alteração em busca de maior movimentação ofensiva. O herói Hulk ganhou a vaga de Leandro Damião para atuar ao lado de Oscar, Lucas e Neymar.
AFP PHOTO / ANTONIO SCORZA
Comandada por José Antonio Camacho, China tenta surpreender Brasil em Pernambuco

Do outro lado, na desconhecida China, a ordem é buscar a reabilitação sob a direção de José Camacho, técnico espanhol que já dirigiu clubes como Real Madrid e Benfica (Portugal). Na quinta-feira, o time asiático acabou derrotado na cidade de Helsingborg por 1 a 0 pela Suécia, rival superado pelo Brasil logo depois dos Jogos Olímpicos de Londres com um placar elástico: 3 a 0.

BRASIL x CHINA

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)
Data: 10 de setembro de 2012, segunda-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Roberto Silveira (Fifa-Uruguai)
Assistentes: Miguel Angel Nievas e Nicolas Taran (ambos Fifa-Uruguai)

BRASIL: Diego Alves; Daniel Alves, Dedé, David Luiz e Marcelo; Rômulo, Ramires e Oscar; Lucas, Hulk e Neymar
Técnico: Mano Menezes.

CHINA: Dalei; Lin, Jianye, Lu Peng e Xiang; Yang, Hanchao, Zhao Peng e Xuri; Zhi e Ting
Técnico: José Camacho.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker