Página inicial
 
Mural de recados
24.05 | Antonio
Araújo pedindo 400,000 R$ pro Central !!! Isso é um absurdo, o cara jurou amor a ...
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
22/08/2012
18h06 | esportes - CLÁSSICO
Clássico dos Clássicos tende a ser equilibrado
Clique e Confira >>>

Clássicos podem ter favoritos, mas o deste domingo, por ser na Ilha do Retiro, não tem. Sport e Náutico entram em condição de equilíbrio, não por possuírem o mesmo nível, mas porque as vantagens e desvantagens de cada um dos dois lados se equivalem.

NÁUTICO: MELHOR MOMENTO

É consenso que o Náutico vem apresentando melhor futebol e, não por acaso, obtendo melhores resultados que o rival. Baseado no alto rendimento nos Aflitos, o Timbu é o décimo primeiro lugar e tem 23 pontos, nove a mais que o Sport, com 14 e no décimo nono lugar.

O Alvirrubro é mais qualificado no meio de campo e no ataque (fez 24 gols, contra 13 do adversário), e o Sport só apresenta uma estatística melhor: sofreu três gols a menos (26 x 29).

Há de se destacar que alguns jogadores vivem ótima fase, como o volante Martinez, líder da equipe, o volante Souza, que aparece com muita força no ataque, e o atacante Kieza, com um excelente aproveitamento de seis gols em oito jogos.

SPORT: FATOR CASA E MELHOR RETROSPECTO

Apesar de o Sport estar em crise no Brasileirão, o fato de jogar em casa é a grande vantagem do Rubro-negro. O retrospecto contra o Náutico, na Ilha do Retiro, é amplamente favorável ao Leão. A última derrota aconteceu em março de 2004. Desde lá são 18 jogos: dez vitórias e oito empates. Isso é muito positivo em um momento em que o controle emocional é importante.

Outro ponto importante é que a equipe rubro-negra vem com técnico novo, esperança renovada e uma necessidade de vitória que pode ser convertida em ânimo, em vez de pressão. O Sport encara o Náutico de igual para igual, apostando na superação.

X DA QUESTÃO

Talvez o principal nessa análise não seja a força do Sport como mandante, nem a melhor fase alvirrubra, mas, sim, a dificuldade do Náutico como visitante. O time realizou nove jogos fora de casa no Brasileirão e perdeu sete vezes. Tem apenas uma vitória e um empate. Aproveitamento de cerca de 15%.

O Sport conquistou 33% dos pontos em casa. É muito pouco, claro, índice de rebaixamento, mas mesmo assim o Sport pontua melhor como mandante do que o Náutico como visitante.

Se o confronto fosse realizado nos Aflitos, e não na Ilha, o Náutico seria naturalmente o favorito. Mas, por conta de todos os elementos citados, o Sport deve entrar em campo em pé de igualdade.

Do Blog do Torcedor 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker