Página inicial
 
Mural de recados
26.04 | MARCOS LEITE
O CENTRAL PERDEU VÁRIOS BONS JOGAGORES Q DISPUTARAM O PERNAMBUCACNO DESSE ANO, A ...
26.04 | Beltrão
A próxima contratação do Central vem do : A) veloclube B) aeroclube C) Cineclub ...
25.04 | Jose Helio Pessoa
DODEIRO NÃO ATRAPALHA....O CENTRAL SÓ NÃO É MAIOR DO QUE SUA LOUCURA...TIRAR LI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/07/2012
15h57 | esportes - SÉRIE A
SÉRIE A: Timbu mais forte que o Leão em casa
Náutico cresceu em casa em relação à última Série A. Desempenho do Sport piorou
Não há dúvida de que, no Campeonato Brasileiro, vencer em casa é fundamental para qualquer clube, não importa seu objetivo na competição. Se a disputa for por título ou competições internacionais, as vitórias em casa são cruciais para o aumento da "gordura" da equipe. Para as que brigam contra o rebaixamento, é ainda mais importante: geralmente irregulares, as equipes que ficam perto do descenso precisam fazer uso de seus domínios para terem chance de escapar da Série B do ano seguinte. 

Sport e Náutico vêm tendo desempenhos diferentes em seus domínios na Série A. A partir da comparação entre as onze primeiras rodadas da competição deste ano e de 2009, ano em que os dois clubes pernambucanos foram rebaixados para a Segundona, percebe-se um enfraquecimento do Leão e um grande crescimento do Timbu. Também é perceptível que o Sport, tanto em 2009 quanto em 2012, jogou uma partida a mais em casa do que o Náutico.

Em 2009, o Leão havia disputado 18 pontos em casa até a 11ª rodada. Destes, conquistou dez, um aproveimento de pouco mais de 55%. Foram três vitórias, duas derrotas e um empate, em seis jogos, terminando a rodada em 13º lugar, a mesma posição que se encontra hoje, em 2012. Embora a colocação seja a mesma, o desempenho caiu. Dos mesmos 18 pontos em jogo em 2012, o rubro-negro conquistou apenas 8, aproveitamento de 44%. Isso se traduz em uma vitória a menos e um empate a mais em seus domínios.

Se a Ilha do Retiro esfriou, o caldeirão alvirrubro esquentou. Em 2009 o Timbu havia tido um desempenho ruim até a 11ª rodada: apenas 33% dos pontos em casa tinham sido conquistados. Cinco pontos em quinze disputados. Uma vitória em cinco jogos, com dois empates e duas derrotas. Em 2012, o Timbu dobrou o desempenho: 66%. 3 vitórias, um empate e uma derrota em cinco jogos. A melhora é vista na tabela: em 2009, neste momento, o Náutico ocupava a lanterna da competição. Em 2012 o alvirrubro fechou a rodada na 11ª posição, melhora de nove degraus na classificação. 

Se o desempenho continuar até o final da Série A, o Timbu ficará sete pontos à frente do Sport, se levado em consideração apenas os jogos em casa. O Leão precisa reacender a chama da Ilha do Retiro, enquanto o Náutico, se mantiver o bom momento em seu reduto, poderá ter um final de Brasileirão bem diferente do que ocorreu em 2009.  
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker