Página inicial
 
Mural de recados
24.05 | Antonio
Araújo pedindo 400,000 R$ pro Central !!! Isso é um absurdo, o cara jurou amor a ...
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/01/2012
11h09 | esportes - PERNAMBUCANO 2012
PERNAMBUCANO 2012: Palcos ainda se aprontando
CLIQUE e CONFIRA...

Do Jornal do Commercio

A uma semana do início do Pernambucano, os clubes do interior correm contra o tempo para fazer os últimos ajustes nos seus estádios. A grande novidade é o Cornélio de Barros, em Salgueiro. Iniciada em maio do ano passado, a obra de ampliação na capacidade - de 5 mil para 10 mil pessoas -, foi concluída. No entanto, além da pintura e retoques nas arquibancadas, ainda existem entulhos da obra dentro e, principalmente, nos arredores do local. A parte externa ainda precisa de mais 45 dias para ser concluída, segundo o responsável pela obra, Guilherme Mota. 

Já os refletores estão programados para serem colocados hoje, enquanto os novos bancos de reservas no decorrer da próxima semana. Com relação ao gramado, o estado é bom, apesar do piso irregular em alguns pontos. Vale lembrar que o campo não recebe um jogo oficial desde o Estadual do ano passado. A reforma do Cornélio de Barros foi orçada em R$ 9 milhões.

O Central investiu em melhorias no Luiz Lacerda. O foco principal foi o gramado, sempre alvo de críticas. Cerca de 80 caminhões de areia foram utilizados para nivelar o terreno, tradicionalmente duro. Grande parte da grama foi trocada. De acordo com o presidente da Patativa, Sivaldo Oliveira, foram gastos cerca de R$ 130 mil na recuperação do gramado. Mais R$ 100 mil foram investidos em reformas de banheiros, vestiários e em um novo setor (embaixo do tobogã) para o sócio, que até restaurante terá à sua disposição. O Lacerdão também receberá o Porto.

Outro gramado que no visual parece bem melhor do que em anos anteriores é o do Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe, palco dos jogos do Ypiranga. Já o do Sesc, em Belo Jardim, ainda se recupera de um fungo, que se instalou após a Série A2 do Estadual. 

Segundo o pessoal que cuida do piso, o problema tinha afetado quase todo o gramado, mas foi reduzido a apenas um setor (lado direito das cabines de imprensa), após o começo do tratamento. A grama será cortada amanhã, assim como serão feitas as marcações. Para poupar o piso, o time do Belo Jardim não está treinando no Sesc, assim como o América não está trabalhando no Ademir Cunha, em Paulista, que ainda se recupera após o desgaste com os jogos do Salgueiro pela Série B de 2011. 

RETORNO

Voltando a receber jogos da Série A1 com o acesso do Serra Talhada, o Nildo Pereira passou por uma série de reformas, orçadas em R$ 180 mil. A principal melhoria foi no gramado, com a implantação de um sistema de irrigação automático.

Ainda no Sertão, o Chapadão do Araripe, em Araripina, está em fase de acabamento, com a troca de parte do alambrado e sinalizações das saídas de emergência. Já no Paulo Coelho, em Petrolina, o gramado é irregular em alguns pontos. Em compensação, os banheiros estão organizados e são de acesso fácil. Os vestiários, apesar de pequenos, também estão bem cuidados, com azulejos no piso
.


...
 
 
 
eXTReMe Tracker