Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/09/2011
20h40 | esportes - Futebol de Pernambuco
Futebol de Pernambuco -> Decisão sobre o caso Eduardo Ramos é adiado pelo TJD-PE
Clique e Confira.

Do Super Esportes 

Não foi dessa vez que o caso do suposto suborno do Sport a Eduardo Ramos teve um ponto final ao menos na esfera esportiva. Estava marcado para acontecer nesta terça-feira, no Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE), o julgamento que poderia resultar em uma punição ao presidente Berillo Júnior, ao Náutico e até ao Sport, caso a tentativa de compra fosse comprovada. O dirigente alvirrubro, inclusive, poderia ficar afastado das suas funções por até seis meses. Em entrevista ao programas Superesportes na Rede, na Rádio Clube, o relator do caso Hilton Galvão afirmou que a decisão ficará apenas para a terça-feira da semana que vem.

De acordo com o especialista, o motivo do adiamento se deve pelo fato de que o TJD quer juntar todas as matérias acumuladas para que elas sejam julgadas de uma só vez. A decisão sobre o caso do Belo Jardim, que foi acusado de escalar um jogador irregular durante a disputa da Série A2, também ficou sem a decisão judicial.

Pela manhã, o relator disse que não poderia antecipar qualquer ponto de vista sobre o caso Eduardo Ramos que ganhou grande repercussão durante a disputa da semifinal do Campeonato Pernambucano. "Não posso antecipar a conclusão. Vou apresentar as provas, relatar os depoimentos já fornecidos na investigação e eu e os outros oito auditores vamos votar", afirmou. "Se o Sport fosse o culpado, por exemplo, poderia perder os pontos e haver suspensão. Se fosse o Náutico, os dirigentes poderiam também pegar suspensões, penas curtas", acrescentou.

O julgamento do TJD-PE se baseia em uma representação da Federação Pernambucana de Futebol junto ao órgão. O caso já passou pelas comissões (primeira instância) e chegou ao pleno (segunda instância).


.
 
 
 
eXTReMe Tracker