Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/09/2011
18h08 | esportes - SÉRIE D
SÉRIE D -> Santa Cruz 1x0 Porto: Tricolor assume liderança do grupo 03 e gavião está eliminado da competição
Clique e Confira!
O Santa Cruz não foi brilhante, neste domingo (04), no Arruda, mas fez o que a torcida queria. Venceu o Porto por 1 a 0 e assumiu a liderança do grupo A3 da Série D do Brasileiro ao chegar a 12 pontos. O resultado, aliado a vitória do Alecrim diante do Guarani de Juazeiro, também serviu para eliminar matematicamente o Gavião, que tem cinco pontos e apenas mais uma partida a fazer.

O gol que garantiu a vitória coral foi marcado aos 13 minutos do segundo tempo por Jefferson Maranhão, que havia entrado no lugar de Leandrinho.

O Santa Cruz volta a jogar agora no próximo domingo (11) contra o Guarani de Juazeiro. A partida está marcada para as 16h e será disputada no Almeidão, em João Pessoa. No mesmo dia, o Porto recebe o Santa Cruz-RN, em Belo Jardim.

O JOGO
As duas equipes entraram em campo com uma formação mais ofensiva. Mas, mesmo atuando com três atacantes, as duas equipes demoraram a criar chances reais de gol. A primeira veio aos 13 minutos, quando a zaga do Santa Cruz parou e Jefferson Renan aproveitou para invadir a área, ir na linha de fundo e bater cruzado. Tiago Cardoso se antecipou e conseguiu fazer a defesa.

No minuto seguinte, veio a resposta coral. Num lance semelhante, Thiago Cunha foi na linha de fundo a bateu cruzado. Atento, o goleiro Emanuel se esticou todo e fez a defesa antes da chegada de Ricardinho, que aparecia livre na pequena área.

A equipe coral se limitou a explorar a velocidade de Thiago Cunha. Aos 19 minutos, ele recebeu na direita, invadiu a área deixando dois defensores para trás e bateu com perigo, próximo ao canto esquerdo de Emanuel. A jogada se repetiu algumas vezes no primeiro tempo, mas todas as conclusões foram ineficientes, irritando a torcida do Santa.

Aos 44 minutos, a zaga do Gavião se atrapalhou e a bola acabou sobrando para Ricardinho na entrada da área. O atacante coral viu o goleiro adiantado e tentou por cobertura, mas ele acabou exagerando na força e mandou por cima do travessão.

No segundo tempo, a equipe coral voltou com duas modificações e o Gavião com uma. O técnico Zé Teodoro desfez o esquema com três atacantes ao tirar o volante Jeovânio e o atacante Ricardinho para as entradas de Bismarck e Jefferson Maranhão. No Porto, Laélson Lima tirou Renan para a entrada de Popó.

As mudanças deram mais velocidade e logo no primeiro minuto Iago Cardoso fez uma grande defesa num chute de fora da área de Lalá. O Santa respondeu logo na sequência num cruzamento de Bismarck, que Cafça-Rato cabeceou por cima, com perigo. No minuto seguinte, Thiago Cunha numa jogada rápida, invadiu a área, mas acabou desarmado por Toritama no momento do passe para a pequena área.

O gol era questão de tempo e foi. Aos 13 minutos, Flávio Caça-Rato fez um lançamento precisou para Jefferson Maranhão. Ele dominou, invadiu a área, tirou o zagueiro e bateu firme, no canto esquerdo, abrindo o placar no Arruda.

Além do gol, Jefferson Maranhão pôs fogo na partida e passou a ser o principal articular das jogadas de ataque. Aos 23 minutos, ele desceu pela esquerda e bateu cruzado. Thiago Cunha ainda tentou o desvio, mas foi travado pela zaga do Porto.

O Tricolor do Arruda seguiu pressionando e Flávio Caça-Rato ainda teve duas grandes chances de ampliar. Aos 37 minutos, ele aproveitou uma bola alçada na área e cabeceou para Sandro Miguel salvar em cima da linha. No minuto seguinte, o atacante aproveitou uma bola escorada por Kiros, dominou e bate com o gol aberto, mas, Sandro Miguel apareceu novamente para salvar com o joelho.

A situação ficou ainda mais complicada para o Porto quando dois jogadores foram expulsos. Aos 40 minutos, o zagueiro Moisés tomou o segundo cartão amarelo e deixou a partida. Quatro minutos depois, Altemar fez uma falta dura em Caça-Rato e tomou o vermelho direto. Com dois jogadores a mais, o Santa Cruz passou a administrar o resultado e assegurou a vitória por 1 a 0, no Arruda.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ
Tiago Cardoso; Memo, Everton Sena, André Oliveira e Roma; Jeovânio, Chicão e Leandrinho (Bismarck); Flávio Caça-Rato, Ricardinho (Jefferson Maranhão) e Thiago Cunha (Kiros).
Técnico: Zé Teodoro.

PORTO
Emanuel; Airton, Sandro Miguel, Moisés e Altemar; Wagner Rosa, Toritama (Diego Costa) e Renan (Popó); Jeferson Renan, Lalá e Alex (Emanuel Recife).
Técnico: Laélson Lima.

Local: Arruda.
Público: 27.746
Árbitro: Nielson Nogueira.
Assistentes: Erich Bandeira e Paulo Steffanello.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker