Página inicial
 
Mural de recados
25.09 | Freddy Renner
Eu só tô vendo números positivos para o Náutico, com essa parceria. Algum torced ...
25.09 | Severino
Prefeita de Caruaru? Quem tiver notícias dela, ganha um prêmio!!! ...
25.09 | MARCONDES
VAMOS APOIAR E ACREDITAR COM NOVA DIRETORIA, O CENTRAL VAI SE ORGANIZAR, NÁUTICO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/08/2011
09h43 | esportes - FUTEBOL DE PERNAMBUCO
FUTEBOL DE PERNAMBUCO: Sobrinho de Carlos Alberto Oliveira será o vice-presidente da FPF-PE
Clique e Confira!

 

Por João de Andrade Neto
Do Jornal do Commercio

O sobrenome Oliveira, que presidiu a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) por 26 anos, sendo dez com Fred Oliveira e os últimos 16 com Carlos Alberto, falecido na segunda-feira, continuará no poder da entidade. Mas, desta vez, na função de 1º vice-presidente, cargo que será ocupado pelo estudante de Direito Davi Aldin de Sousa Oliveira, 22 anos, filho de Fred e sobrinho de Carlos. Ele foi convidado por Evandro Carvalho, que será o novo presidente, e a decisão será referendada numa assembleia-geral no próximo dia 12.

Único homem entre filhos e sobrinhos de Carlos Alberto, Davi era uma espécie de herdeiro político do tio. Foi Carlos Alberto quem o convidou para integrar o corpo diretivo da FPF em dezembro do ano passado. Em janeiro, passou a acumular os cargos de ouvidor e vice-diretor do departamento das Ligas do Interior e do futebol amador. A promoção de Davi também faz parte do processo de "renovação" da FPF, que segundo o próprio Evandro Carvalho será uma das suas bandeiras à frente da entidade.

Ainda chocado com a morte do tio, Davi confirmou ao JC que será o novo 1º vice-presidente da FPF. Desta forma, na escala sucessória, é quem assumirá a Federação em caso de ausência temporária ou definitiva de Evandro. Há outros dois vices. "Tudo isso é uma coisa muito nova para mim. Ainda não calculei a dimensão disso, mas me sinto preparado para assumir a vice-presidência da FPF. Vou ter suporte de pessoas experientes e que zelam pela Federação", disse Davi Oliveira, que como Carlos Alberto é torcedor do Sport. Até o ano passado, fazia parte do Conselho Deliberativo do clube.

"Resolvi aceitar o convite de Evandro até como uma forma de homenagear o meu tio. Sempre gostei muito de futebol e como meu pai e meu tio foram presidentes da Federação, mais cedo ou mais tarde eu também acabaria entrando nesse meio. E como meu tio não tinha filhos homens, era desejo dele me preparar para assumir algum dia. Mas, por tudo, Evandro hoje é merecedor da presidência."

Davi também afirmou que seguirá a linha de trabalho imposta por pai e tio na FPF. Porém, antecipou-se em dizer que possui um tom mais moderado. "Quero preservar seus valores, como a decência e o apreço pela entidade, mas aos poucos ir modernizando a Federação. Também me considero uma pessoa mais tranquila, que pensa um pouco mais antes de dar uma declaração", encerrou.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker