Página inicial
 
Mural de recados
23.04 | Davi
Parabéns ao Salgueiro pela campanha q vem fazendo,embora nos ultimos anos o time ...
23.04 | Patativa
Será que os dirigentes do Salgueiro administram o clube tal como os do Central, ...
23.04 | Alvinegro
Deixa de criticar em vem pra luta também,ninguém administra tantos problemas soz ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
22/07/2011
23h04 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B ---> Sport se impõe diante do Salgueiro e vence por 3 a 0
CLIQUE e CONFIRA!!!
No dia em que o Sport foi Sport, Marcelinho Paraíba foi Marcelinho Paraíba e Bruno Mineiro foi Bruno Mineiro, não deu para o Salgueiro. Ontem, na Ilha do Retiro, o Leão fez 3 a 0 no Carcará se impondo em campo. Mostrando quem era o time grande e o pequeno. Numa partida em que aqueles jogadores de quem se espera tanto comprovaram o seu potencial e fizeram a diferença, o Rubro-negro conquistou uma vitória importante para o seguimento da Série B do Brasileiro. Com a segurança do resultado em casa, a equipe parte para duas partidas longe, contra Goiás e Boa Esporte Clube.

Diante de um time especialista em se defender, o Sport entrou em campo sabendo que precisava marcar um gol na primeira metade do primeiro tempo para ter tranquilidade no restante da partida. Assim, o Leão deteve bastante a posse de bola no começo do jogo, concentrando as jogadas pelos lados - mais o direito, mesmo com a saída de Moacir, contundido. 

Apesar das boas tramas, antes dos 20 minutos o Sport teve apenas uma grande chance de marcar, com Naldinho, que recebeu grande passe de Diego Torres e saiu na cara do gol, mas não chutou e acabou desarmado. Aos 22, porém, o Leão, que pressionava mais, abriu o placar. Marcelinho Paraíba girou batendo para o gol e a bola acabou batendo na mão de Henrique. O juiz marcou pênalti, que o próprio atacante cobrou e fez 1a 0.

Após sofrer o gol, o Salgueiro, como esperado, saiu mais para o jogo e conduzido por Élvis, equilibrou o jogo. Chances surgiram para os dois lados, mas nada de gol. Já sem a superioridade na posse de bola, o Sport preferia sair para jogar em velocidade, enquanto o Carcará era perigoso nas bolas paradas. 

Na volta para o segundo tempo, o Sport não deu chances ao Salgueiro, que havia equilibrado o jogo no final da etapa inicial. Se impôs e logo de início ampliou o marcador. Aos 6 minutos, após cobrança de escanteio, Bruno Mineiro, que não vinha bem na partida, mostrou sua face de artilheiro, cabeceando certeiro para o gol. 

Com a desvantagem de 2 a 0, o Salgueiro se abriu ainda mais. Neco tirou o volante Renê e colocou Rosembrick. O Carcará até ensaiou uma pressão, teve mais a bola nos pés, mas ao contrário até do que aconteceu no primeiro tempo, não criou nenhuma grande chance de marcar. O Sport, por outro lado, foi frio e, na oportunidade que teve, ampliou. 

Aos 27, Marcelinho Paraíba, voltando a fazer uma grande apresentação após um bom tempo, arrancou pela direita e cruzou para trás. Bruno Mineiro, bem colocado, tocou de cabeça para o gol. O tento sofrido “matou” o Salgueiro no jogo. O Carcará ainda insistia em atacar, mas só comprovou a atuação sólida da defesa rubro-negra. Diante disso, coube ao Leão apenas tocar a bola nos minutos finais de partida.

Sport

Calaça; Moacir (Naldinho), Tobi, Gabriel e Fernandinho; Hamilton, Daniel P., Thiaguinho e Diego Torres (Danielzinho); Bruno Mineiro e Marcelinho Paraíba (Anderson Paraíba). Técnico: Mazola

Salgueiro

Marcelo; Marcos Tamandaré (Murilo) (Piauí), Eridon, Henrique e Rogério Serra; Wendel, Diego Paulista, Renê (Rosembrick) e Clebson; Elvis e Fabrício Ceará. Técnico: Neco

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Assistentes: Erich Bandeira (FIFA) e Jossemmar Diniz. Gols: Marcelinho Paraíba e Bruno Mineiro (2). Cartões amarelos: Marcelinho Paraíba, Naldinho, Diego Torres, Hamilton (Spo), Wendell, Rogério Serra e Clebson (Sal). Renda e público: não divulgados.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker